Segundo treinador, "faltam pequenos detalhes" para acertar a permanência do volante na equipe

nullA permanência ou não de Marcos Assunção no Palmeiras ao final do vínculo vigente, até julho de 2011, não preocupa Luiz Felipe Scolari. Ao contrário do que disse o volante durante a semana, o técnico garantiu que as conversas já foram iniciadas para mantê-lo até 2012.

"Já estava negociada uma parte, faltam pequenos detalhes. O Assunção sabe que desejo que ele permaneça não 99%, mas 150%. Além de ser o capitão, fora de campo é uma pessoa fantástica e tem uma liderança que pode ajudar muito na construção dessa equipe", disse o comandante.

Aos 34 anos, Assunção é o principal homem da bola parada do time. Embora neste ano tenha feito apenas um gol neste fundamento, ele foi o grande nome da campanha do Palmeiras de 2010, quando balançou a rede em momentos decisivos, em especial na Copa Sul-americana.

Segundo Felipão, a diretoria resolverá esse assunto em breve: "daqui uma ou duas semanas, também não precisa ser de um dia para o outro, o Assunção sabe que nós vamos pedir para que ele fique. Mais dia, menos dia, ele vai estar com contrato assinado até o final de 2012".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.