Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Felipão critica diretor-torcedor e volta a rejeitar corpo mole diante do Fluminense

Treinador diz que jogadores não podem ser comparados a torcida e aos dirigentes-torcedores do Palmeiras

iG São Paulo |

Luiz Felipe Scolari mostrou que não está satisfeito ao ver sua diretoria apoiando um possível corpo mole palmeirense contra o Fluminense no jogo deste domingo.

Em entrevista alguns minutos antes de começar o jogo, o treinador afirmou que a imprensa precisa parar de falar sobre o assunto, pois os jogadores não são a mesma coisa que "diretores-torcedores".

"Vocês têm de parar com essa bobagem, desculpa usar essa expressão. Uma coisa é torcedor, outra diretor-torcedor, e outra jogador de futebol. A gente é profissional", disse Luiz Felipe Scolari, que completou.

"Só sofre pressão para tomar atitude errada quem é cafajeste. Nós não somos", completou.

Na quarta-feira, logo após a eliminação contra o Goiás na semifinal da Copa Sul-Americana, Wlademir Pescarmona, diretor de futebol disse que o time poderia dar W.O.

Na última sexta-feira, Antônio Carlos Corcione, assessor especial da presidência, afirmou que a torcida do Fluminense seria mais do que bem recebida em São Paulo.

Leia tudo sobre: campeonato brasileirofluminensefutebolpalmeiras

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG