Vai ter jogo no domingo? - Futebol - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Felipão confirma reservas do Palmeiras contra o Fluminense e brinca: Vai ter jogo no domingo?

Treinador evita falar sobre encontro que pode definir o campeão brasileiro no próximo domingo, na Arena Barueri

Danilo Lavieri, iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237859518019&_c_=MiGComponente_C

Felipão não quer nem saber do jogo entre Palmeiras e Fluminense no próximo domingo. Apesar das inúmeras perguntas sobre o duelo que pode decidir o título do Brasileirão, o treinador apenas brincou quando foi questionado sobre o assunto. A prioridade absoluta é o jogo de quarta-fera contra o Goiás, pela semifinal da Copa Sul-Americana.

"Eu nem sei se tem jogo no domingo. Tem? Se tiver, no domingo eu respondo", brincou Felipão, que respondeu mais uma vez com bom humor à pergunta sobre a importância do jogo do fim de semana que vem. "Que jogo? Ué, é um jogo de futebol. Vale três pontos e se ganharmos vamos a 53 pontos. Mas a escalação já está definida", disse.

Gazeta Press
Sob chuva, Felipão comandou o treino do Palmeiras nesta quarta-feira à tarde


O treinador também brincou quando questionado se iria manter os jogadores reservas no jogo de domingo independente da classificação ou não para a final da Copa Sul-Americana. Para ele, os considerados reservas são os titulares, pois jogam o campeonato nacional.

"Não, vocês estão errados. Os titulares jogam o Brasileirão, e os reservas vão para a Sul-Americana. Meu grupo titular será mantido para o possível jogo de domingo. Já tenho de pensar no ano que vem", completou.

No treino desta segunda-feira, Felipão simulou várias condições de jogo. Até mesmo o lateral cobrado por Marcão, que a bola vai direto para a grande área, foi treinado. Lincoln, que já admitiu jogar no sacrifício por causa de dores na coxa, foi retirado no meio do jogo e o time titular atuou com dez homens em campo. Apenas para treinar mais uma situação de jogo, explica o técnico.

"Muitas vezes eu tenho de jogar com dez jogadores. Por exemplo, ontem (domingo), a expulsão do menino (Gualberto) foi ridícula. No Brasil todo, na Europa, todo mundo sabe que o Neto Berola se atira em 15 bolas a cada dez. Ele meteu o tapa, o zagueiro abriu os braços para mostrar que não fez nada e foi expulso. Só tirei o Lincoln para ver como é que vou jogar com 10", finalizou Felipão.

O provável time que entra em campo contra o Goiás nesta quarta-feira não deve ter alterações. Deola; Márcio Araújo, Maurício Ramos, Danilo e Gabriel Silva; Edinho, Marcos Assunção, Tinga e Lincoln; Kleber e Luan.

A partida entre Palmeiras e Fluminense, que tinha sido transferida para Araraquara, voltou para Barueri. O clube paulista conseguiu efeito suspensivo para a perda de mando de campo que havia sofrido devido aos incidentes no clássico contra o Corinthians.

O jogo em Barueri é fundamental para as pretensões do Corinthians, maior rival do Palmeiras. A equipe do Parque São Jorge está na vice-líderança do Brasileirão com 64 pontos, contra 65 do líder Fluminense. Caso vença o Palmeiras, o Fluminense precisará apenas vencer o quase rebaixado Guarani, em casa, na última rodada, para tirar o título do Corinthians.

Leia tudo sobre: campeonato brasileirofelipãofluminensefutebolpalmeiras

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG