Tamanho do texto

Treinador não demonstra muito nervosismo e pediu aos torcedores para colocarem a culpa nele pela eliminação

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237859758404&_c_=MiGComponente_C

Felipão fez coro aos torcedores e classificou a derrota para o Goiás dentro de casa como um vexame. Com poucas palavras e não demonstrando tanto nervosismo, o treinador afirmou que ele se considera o maior culpado da eliminação para um time rebaixado.

"É um fracasso, um vexame. Acompanho a palavra da torcida. Foi vergonhoso mesmo. Eu perfiro dizer que a torcida tem de ficar brava comigo. Penso que quem tem de assumir essas coisas são os técnicos. Se eles ficaram decepcionados, que fiquem comigo. Bem ou mal, eu sou o responsável por ter chegado até aqui e eu sou responsável pela queda. Mas mais chateados do que eu eles não estão", disse Felipão. Assista à entrevista com o treinador



O treinador preferiu não comparar a eliminação à derrota na final da Libertadores contra o Boca Juniors em 2000. Segundo ele, perder a taça em casa é muito pior. "É uma grande decepção, mas não das maiores. Eu penso dessa forma, pois já fui derrotado outras vezes também. Sou derrotado hoje, mas amanhã de manhã não".

"Sou pessoa de excelente humor e tem que ter capacidade de recuperação. Perder para o Boca foi muito maior a decepção. Perder em casa, nos pênaltis, é pior", completou Luis Felipe Scolari.

Agora, o Palmeiras tem mais dois jogos para terminar a temporada. Felipão ainda não definiu se dará férias ou escalará os titulares contra o Fluminense e contra Cruzeiro.

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.