Tamanho do texto

Auxiliar de serviços gerais de Congonhas recebeu de presente do técnico palmeirense uma camisa verde-limão do clube

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237861980367&_c_=MiGComponente_C

Na volta de Curitiba, o Palmeiras carregou o gosto amargo da derrota para o Atlético-PR, mas o técnico Luiz Felipe Scolari fez o dia de uma torcedora do clube bem mais feliz. Logo após desembarcar na capital paulista, o treinador presenteou uma humilde funcionária do Aeroporto de Congonhas com uma camisa do clube do Palestra Itália.

"O Felipão falou que era um presente de Natal antecipado", disse a auxiliar de serviços gerais, que não conseguia esconder o largo sorriso, mas, em contrapartida, evitou falar o nome - era identificada como Celeneide através do seu crachá.

A torcedora observou de perto a delegação palmeirense durante todo o processo de desembarque. Primeiro, flertou com alguns funcionários do Palmeiras a possibilidade de uma troca por qualquer tipo de lembrança do clube.

Pouco depois, Felipão abriu a janela do ônibus e solicitou a presença da funcionária do aeroporto no interior do veículo palmeirense. Ela retornou com uma camisa ainda empacotada. Quando abriu, viu que era da cor verde-limão, com o número 4 e o nome do zagueiro Fabrício.

"Acho que o Felipão já tinha me visto desde o saguão de desembarque. Eu não costumo ir a estádios, mas gosto muito do Palmeiras", explicou a fã, que encerrou rapidamente a entrevista para seguir com seus afazeres e organizar os carrinhos de transporte de malas.

Aliás, o Palmeiras foi a atração de um movimentado aeroporto. Em função do Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1, muitas pessoas com camisetas e bonés da Ferrari desembarcaram nesta sexta-feira na capital paulista.

Uma das seguranças de Congonhas acabou selecionada para organizar o trânsito dos usuários e evitar qualquer tipo de confusão. No momento da chegada do Palmeiras, foi feita uma passagem especial para os atletas chegarem rapidamente ao ônibus.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.