Em sua segunda passagem pelo clube, técnico soma polêmicas com vários personagens do cotidiano palmeirense

O técnico Luiz Felipe Scolari é crítico ferrenho de polêmicas criadas por hábitos "pitorescos" da política no Palmeiras . Ele próprio já elegeu o ciúmes como o principal causador de problemas internos e sempre destaca que isso pode influenciar no ambiente do clube.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Ao combater tais hábitos, Felipão coleciona rivais no cotidiano da Academia de Futebol. O treinador já teve problemas públicos com jogadores, dirigentes, conselheiros, empresários e até com a torcida organizada.

Siga o Twitter do iG Palmeiras e receba as notícias do seu time em tempo real

Relembre os principais focos de problema de Felipão na sua 2ª passagem pelo Palmeiras:

Roberto Frizzo

Felipão faz gesto obsceno para torcedores do Palmeiras, em Florianópolis
Gazeta Press
Felipão faz gesto obsceno para torcedores do Palmeiras, em Florianópolis
O treinador nega que tenha problemas com o vice-presidente de futebol e assume apenas ter divergências com seu superior imediato. No entanto, a guerra fria entre eles já é quase que declarada. O staff do treinador sabe que ele não tem bom relacionamento com o dirigente, que tenta manter postura mais conservadora.

O último episódio de conflito entre os dois envolveu a visita de membros do grupo Famiglia Palestra , que tem ligação com a Mancha Verde. Os dois estavam na Academia a convite de Frizzo e irritaram Luiz Felipe Scolari, que pediu para descobrirem quem foi que liberou a entrada da dupla no Centro de Treinamento do clube paulista.

Wellington Paulista, Lincoln e Pierre

Felipão faz gesto obsceno para torcedores do Palmeiras, em Florianópolis
Gazeta Press
Felipão faz gesto obsceno para torcedores do Palmeiras, em Florianópolis
O trio não caiu nas graças do treinador e partiu para o ataque. Wellington chegou a afirmar que treinava em uma posição e depois jogava em outra. Ao voltar para o Cruzeiro, considerou o tempo em São Paulo como férias. O treinador retrucou.

Já Lincoln ficou afastado um bom tempo e, assim que saiu do Palestra Itália, atacou o treinador . O meia disse, ainda, que Felipão e Murtosa não acrescentaram nada à carreira dele. O treinador não suporta o jogador.

Coloque seu time em 1º lugar no ranking da Torcida Virtual do iG Esporte



Pierre é um caso a parte. Muito ligado ao Palmeiras, o volante não queria sair, mas não viu alternativas e foi para o Atlético-MG . Luiz Felipe Scolari explicou ao ex-camisa 5 que ele seria preterido por João Vítor, Chico e Márcio Araújo, outras opções para a posição. Por isso, abriu as portas para que ele encontrasse um novo time. Ele chegou a ficar no banco de reservas com a camisa de número 200, mas não completou esse número de jogos.

Tinga e DIS

Felipão não gostou da interferência da DIS junto a jogadores que têm influência no elenco e acabou afastando Tinga como forma de punição. O treinador justificou dizendo que o jogador deu uma entrevista que não o agradou. “Ele deu uma entrevista que não sabia se ia viajar, não sabia se ia jogar, então não tem certeza de nada aqui no Palmeiras? Eu o chamei na sala e avisei que não iria mais viajar."

Além disso, Felipão afirmou que Tinga faltou com profissionalismo ao não comparecer aos treinos. O jogador se defendeu dizendo que a comissão o impediu de treinar e até chorou em entrevistas, afirmando que não teria mais clima no elenco.

Valdivia e Kleber

Felipão faz gesto obsceno para torcedores do Palmeiras, em Florianópolis
Gazeta Press
Felipão faz gesto obsceno para torcedores do Palmeiras, em Florianópolis
A dupla de ídolos bateu de frente com o treinador e, posteriormente, perdeu o moral com o torcedor. Primeiro, foi a vez do chileno dizer que jogou forçado pelo treinador e por outras pessoas da comissão técnica e que se recusou a assinar uma carta de recomendações para cumprir nas férias.

Depois, o atacante usou o Twitter para disparar contra o treinador , afirmando que ele só sabia criticar o elenco.

No fim, Felipão fez as pazes com os dois. Sempre elogia Valdivia e Kleber publicamente e faz questão de dizer que o relacionamento com o Gladiador é muito bom. Hoje, porém, os dois jogadores também já não gozam de tanto prestígio junto à torcida .

Gilto Avallone

O treinador colou até cartaz no vestiário pedindo cuidado com o conselheiro, a quem considera fofoqueiro e causador de intrigas. Em coletivas, insinuou que Gilto, que é assumidamente incendiário e distribuidor de documentos para imprensa e até para o Ministério Público, era um puxa-saco dos dirigentes . Gilto, por sua vez, sempre reclamou das altas verbas que são recebidas pelo comandante.

Facção organizada

Felipão faz gesto obsceno para torcedores do Palmeiras, em Florianópolis
Gazeta Press
Felipão faz gesto obsceno para torcedores do Palmeiras, em Florianópolis
O treinador já chegou até a convocar membros da Mancha Alvi Verde para uma conversa dentro do gramado da Academia de Futebol. No mesmo dia, Luan e Marcos Assunção se envolveram em confusões com os organizados em São Paulo e também no aeroporto de Porto Alegre. Em Santa Catarina, Felipão fez gesto obsceno contra a organizada e ainda criticou Frizzo por ter amizade com membros dessa torcida.

 Luiz Felipe Scolari não gosta da relação que Frizzo tem com tal facção e critica um suposto patrocínio do Palmeiras aos organizados, com fornecimento de ingressos. A direção nega esse acordo oficialmente e apenas confirma que pensou em ajudar os torcedores que pretendessem viajar com a equipe.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.