Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Federer confirma domínio contra Murray em torneios importantes

Britânico leva a melhor no retrospecto geral contra o suíço, mas costuma se dar mal em jogos de Grand Slam e ATP Finals. Nesta terça, em Londres, Federer fez 2 a 0 rapidamente

iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237859575832&_c_=MiGComponente_C

O que prometia ser um jogo equilibrado foi o confronto mais rápido do ATP Finals deste ano até agora. Roger Federer ganhou com facilidade de Andy Murray, nesta terça-feira, na Arena O2, em Londres. O suíço fez 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/2, em uma hora e 16 minutos de partida.

As duas coisas mais importantes do tênis, saque e devolução de saque, eu fiz de maneira muito pobre hoje, disse Murray. Tive um mau começo nos dois sets, e assim fica difícil ganhar dos tops. Preciso melhorar muito para o próximo jogo, completou.

Este foi o décimo quarto duelo entre Federer e Murray na história. Apesar da vantagem do escocês, que venceu oito vezes, Federer saiu vitorioso em 4 das 5 partidas de Grand Slam ou ATP Finals. É difícil explicar isso. Eu procuro jogar meu máximo nesses torneios. E tenho experiência em vencê-los, disse Roger Federer.

Nos duelos entre os dois, o suíço levou a melhor nas finais do Aberto dos Estados Unidos, em 2008, e do Aberto da Austrália, em 2010, além de ter vencido Murray pelo ATP Finals de 2009, também na fase de grupos.

O único triunfo do tenista do Reino Unido sobre Federer nas principais competições do tênis aconteceu há dois anos, na primeira fase do torneio que reúne os oito melhores da temporada, disputado na China na ocasião.

O número 2 do mundo considerou uma surpresa o resultado desta terça-feira. Não é normal em um jogo grande assim eu conseguir confirmar meus serviços tão confortavelmente. Perdi poucos pontos em meu saque, resumiu Federer.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG