Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Federação Venezuelana anula maior goleada da história do campeonato local

Atlético El Vigia impôs 15 a 0 no Caroní, mas foi confirmado que a equipe derrotada usou atletas da base

EFE |

A Federação Venezuelana de Futebol (FVF) anulou nesta quarta-feira a goleada do Atlético El Vigia sobre o Caroní por 15 a 0, em partida realizada no último domingo, depois que ficou confirmado que a equipe derrotada escalou atletas da categoria de base.

Os membros do Conselho de Honra da FVF afirmaram que há argumentos para a anulação e alteraram o placar oficial do confronto, que representou a maior goleada da história do Campeonato Venezuelano, para 3 a 0. Segundo o organismo, o Caroní entrou em campo com jogadores da categoria sub 20 sem a devida autorização e por isso consideram que a equipe não entrou em campo, o que caracteriza uma derrota por W.O.

Segundo o relatório oficial, os atletas atuaram em outra partida apenas 24 horas antes de serem goleados, além de o clube não ter obtido junto à federação uma autorização para utilizar um número maior de integrantes das equipes de base.

O Caroní esteve envolvido em litígios internos entre duas direções que levou a FVF a cogitar a hipótese de rebaixar a equipe à segunda divisão. No entanto, faltando apenas uma rodada para o fim do torneio Clausura, a queda já foi confirmada dentro de campo. Com a decisão do organismo federativo, foi mantida como a maior goleada da história do futebol venezuelano a vitória por 13 a 0 obtida pelo Marítimo contra o Salineros de Araya, em 1992.

Leia tudo sobre: FUTEBOL mundialVENEZUELAanulaçãogoleadabase

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG