Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Federação Suíça tira 36 pontos do Sion no Campeonato nacional

Equipe suíça foi excluída da Liga Europa pela Fifa por escalar jogadores de forma irregular em doze partidas

EFE |

A Federação Suíça de Futebol acatou as pressões da Fifa e puniu nesta sexta-feira com a perda de 36 pontos no campeonato nacional o Sion, que passou a ser o lanterna do torneio. A penalização ocorreu pelo fato de o clube suíço ter relacionado em 12 partidas, pelo menos um dos seis jogadores contratados de forma irregular nesta temporada.

Leia mais: Sion apresenta recurso na Justiça comum contra a Fifa

Segundo a entidade, a punição é em decorrência de um comportamento "ilegal, anti-estatutário e anti-regulamentário" do Sion, além do descumprimento da proibição de contratações anunciada pela Fifa. No entanto, o clube poderá continuar participando do Campeonato Suíço. A Fifa ameaçou suspender a ASF (Associação Suíça de Futebol) no dia 13 de janeiro se não punisse o Sion por violar as normas de contratações.

Veja ainda: Presidente do Sion chama Michel Platini de "bobo da corte"

Na última janela de transferências do futebol europeu, no meio do ano, a Uefa proibiu o clube suíço de assinar com novos jogadores, após a contratação do goleiro egípcio Essam El Hadary quando este atuava por outro clube. No entanto, o Sion descumpriu as normas e não só formalizou seis contratações como relacionou cinco desses jogadores durante um jogo da Liga Europa diante do Celtic.

Como consequência, foi expulso da competição por decisão da Uefa, cuja resolução teve respaldo da  CAS (Corte Arbitral do Esporte). Após a expulsão, o Sion entrou com vários recursos na Justiça comum, batendo de frente com o Comitê Executivo da Fifa.

Leia tudo sobre: futebol mundialsionfifa

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG