Entidade divulgou a medida nesta quarta, três dias após integrantes da facção serem baleados em confronto com a polícia

A Federação Paulista de Futebol divulgou nesta quarta-feira que a torcida organizada Mancha Alviverde, do Palmeiras, está proibida de entrar nos estádios de São Paulo. A medida ocorre três dias após dois integrantes da facção serem baleados em confronto com a Polícia Militar, no jogo contra o Corinthians, em Presidente Prudente.

No domingo, Lucas Alvez Lezo e Roberto Vieira de Castro, integrantes da Mancha Alviverde foram baleados, na perna e no glúteo, respectivamente. Lucas recebeu alta na terça-feira. Já Roberto continua internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) em estado grave.

Torcedores do Palmeiras enfrentam policiais antes de clássico
Futura Press
Torcedores do Palmeiras enfrentam policiais antes de clássico
Em nota, o presidente da Federação Paulista de Futebol, Marco Polo Del Nero, afirma que a proibição acontece “em decorrência da desobediência às orientações e medidas de ordem preventiva adotadas para assegurar a tranqüilidade e a segurança dos torcedores presentes na partida realizada no dia 28”.

O presidente da Mancha Alviverde, André Guerra, disse que a torcida organizada ainda não foi notificada. "Ate agora ninguem me falou nada . Você acha justo a gente receber tiro da policia e a gente ser punido? Claro que não”, disse ao iG .

Veja a nota divulgada pela Federação Paulista de Futebol:

MARCO POLO DEL NERO, Presidente da Federação Paulista de Futebol, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo Estatuto,s
CONSIDERANDO o registro de confronto envolvendo integrantes da Torcida Mancha Alviverde e o contingente da Polícia Militar do Estado de São Paulo, em decorrência da desobediência às orientações e medidas de ordem preventiva adotadas para assegurar a tranqüilidade e a segurança dos torcedores presentes na partida realizada no dia 28 p.p. entre a Sociedade Esportiva Palmeiras e o Sport Club Corinthians Paulista, na cidade de Presidente Prudente/SP e
CONSIDERANDO que é dever desta Entidade preservar a disciplina nos campos de futebol,
RESOLVE:
PROIBIR, até que sejam apurados os fatos e os responsáveis punidos nos termos da legislação em vigor (Estatuto do Torcedor), a entrada nos estádios da torcida uniformizada Mancha Alviverde.
Esta Resolução entra em vigor na presente data, revogadas as disposições em contrário.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.