Atacante não conseguiu autorização para jogar no país e São Paulo segue sem conseguir negociá-lo

Não foi desta vez que o São Paulo conseguiu negociar Henrique . O atacante estava a um passo de acertar a transferência para o Queens Park Rangers por empréstimo até julho de 2013, no valor de 500 mil euros (cerca de R$ 1,1 milhão). Contudo, a Federação Inglesa não concedeu a permissão para o atleta trabalhar no país.

Leia também: Leão destaca 'vontade' do São Paulo após goleada

Para que um jogador possa atuar na Inglaterra, é necessário que ele tenha passaporte comunitário ou participado de 75% dos jogos da seleção do seu país ao longo do último ano.

Nos casos como o de Henrique, em que o jogador não se encaixa em nenhuma destas exigências, o clube que pretende fazer a contratação precisa entrar com um pedido especial na Federação Inglesa, que avalia a qualidade do atleta e dá a resposta em seguida.

Veja ainda: Constrangido, São Paulo deixa Juan à disposição de quem quiser

Foi o que fez o Queens Park Rangers, e a resposta foi negativa. “Ele não conseguiu a permissão de trabalho por várias razões”, disse um porta-voz do time inglês. Entre estas razões apontadas pela Federação Inglesa, estão o fato de Henrique ter pouca experiência em clubes e ainda não ter atuado pela seleção principal.

Henrique foi eleito o melhor jogador do último Mundial Sub 20 da Fifa , conquistado pelo Brasil. No entanto, não teve muito espaço no time do São Paulo na sequência da temporada. Em 16 partidas disputadas pelo clube do Morumbi durante o Campeonato Brasileiro de 2011, marcou somente um gol.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.