O dirigente Fernando Hierro evitou lamentações ou reclamações depois da derrota na disputa pela Copa de 2018

Diretor Esportivo da Federação Espanhol de Futebol, Fernando Hierro, recebeu com tristeza a notícia da escolha da Rússia como sede da Copa do Mundo de 2018. A definição foi anunciada pelo presidente da Fifa, Joseph Blatter, na cidade suíça de Zurique, nesta quinta-feira.

"Agora a única coisa que nos resta a fazer é parabenizar nossa candidatura pelo grande trabalho realizado em toda a preparação para este dia. Também temos que exaltar o feito da Rússia, que receberá a Copa do Mundo pela primeira vez", lembrou Hierro ao site As .

Quanto aos motivos da escolha do país para 2018, o diretor tentou minimizar o fracasso espanhol. "Foram critérios pessoais de cada um das 22 pessoas que votaram. Independente de qualquer resultado, nós estamos convencidos de que nossa candidatura era magnífica e contava com ótimos profissionais", finalizou o espanhol.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.