Tamanho do texto

Países com mais títulos, Brasil, Argentina e Uruguai não venceram na primeira rodada, que teve menos gols que em anos anteriores

A primeira rodada da Copa América teve surpresas e poucos gols. Países com mais títulos, Argentina e Uruguai, com 14 conquistas cada, e Brasil, com oito, acabaram empatando na estreia. Os primeiros seis jogos do torneio tiveram a pior media de gols por partida desde 1993, quando o torneio passou a ser disputado na formula atual. Na Argentina, foram marcados 8 em 6 jogos, três vezes menos que em 2007, na Venezuela.

Nesta segunda-feira, a seleção uruguaia não conseguiu vencer o Peru na estréia . Quarto colocado no último Mundial, o time de Forlán e companhia saiu perdendo e empatou no final do primeiro tempo. Os uruguaios repetiram os tropeços de Brasil, que não saiu do 0 a 0 com a Venezuela , e a Argentina, que empatou em 1 a 1 com a Bolívia .

Os outros jogos da primeira rodada também tiveram poucos gols. A média, de 1,33 por partida, foi a pior desde 1993, quando o torneio passou a ser disputado na atual fórmula, com uma primeira fase com doze times divididos em quatro grupos e depois jogo de quartas de final, semi e final.

Em 2007, por exemplo, foram marcados 24 gols nos primeiro seis jogos. Mais que o triplo do que aconteceu na Argentina.

A seca acontece justamente no ano em que alguns dos principais atacantes do torneio triunfaram na última temporada européia. Casos, por exemplo, do colombiano Falcao García , com 39 gols, Messi , com 56, e a dupla Robinho , e Pato , com 15 e 19, respectivamente. Todos foram titulares na estréia de suas equipes. Todos passaram em branco.

Média de gols na 1ª rodada da Copa América

Gerando gráfico...