Arsenal e Udinese devem protagonizar um dos jogos mais equilibrados da fase, que dá dez vagas à etapa de grupos do torneio

Villarreal, Arsenal , Bayern de Munique , Lyon e Benfica testarão a condição de favoritos no início da última rodada eliminatória da Liga dos Campeões, que dará dez vagas para a fase de grupos do torneio e cujas partidas serão disputadas na terça-feira e na quarta-feira.

O Villarreal jogará na quarta-feira na Dinamarca como favoritíssimo candidato a classificação pelo potencial, elenco e qualidade que tem, com jogadores como Nilmar e Giuseppe Rossi, além de ter a vantagem do duelo de volta em seu estádio. Do outro lado, estará o Odense, que leva em conta o retrospecto como mandante: só perdeu um dos seus últimos 14 jogos europeus em casa.

A espera do jogo de volta, daqui a uma semana, no Madrigal, a equipe espanhola busca um resultado positivo fora de casa para entrar na fase de grupos da Liga dos Campeões, da qual não participa desde a edição 2007-08, quando foi eliminado pelo Arsenal nas quartas de final da competição.

O Bayern, quatro vezes campeão da Champions League, também assume o papel de favorito em seu duelo contra o Zurique, que recebe na quarta-feira, na Alianz Arena. Desde a temporada 1997-98, o time alemão só esteve ausente em uma edição da Liga dos Campeões, na de 2007-08.

Mais equilibrada deve ser a partida entre Arsenal e Udinese, com ligeiro favoritismo inglês, apesar de ter o desfalque de seu principal jogador, Cesc Fàbregas, vendido ao Barcelona. Já o time italiano perdeu Alexis Sánchez, seu principal jogador, também para o Barcelona.

Lyon e Rubin Kazan e Twente e Benfica prometem ser duelos equilibrados, embora franceses e portugueses tenham vantagem nos palpites por sua tradição na Europa, por seus elencos e por sua experiência em partidas de grande importância em competições continentais.

No mesmo dia, o Lyon recebe, em Gerland, o Rubin Kazan, que contratou o atacante paraguaio Nelson Haedo Valdez junto ao Hércules. O conjunto francês esteve em todas as fases de grupos da Liga dos Campeões desde a temporada 2000-01 e foi semifinalista em 2009-10, quando foi derrotado pelo Bayern de Munique.

Também na terça-feira jogarão Twente e Benfica em território holandês, onde o time português, bicampeão da Europa no início dos anos 60, enfrenta o duelo com a tranquilidade de jogar a volta em seu estádio.

Copenhague e Viktoria Plzen, Bate Borisov e Sturm Graz (ambos na terça -feira) e Wisla Cracóvia e APOEL, Maccabi Haifa e Genk e Dínamo de Zagreb e Malmoe, os três na quarta-feira, completam as partidas de ida da rodada de qualificação da Liga dos Campeões.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.