Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Familiares de Cabañas denunciam fraude contra o jogador

José María González, ex-representante do atacante, teria enganado o atleta e ficado com dinheiro da compra de um terreno

EFE |

Os familiares do atacante paraguaio Salvador Cabañas denunciaram nesta segunda-feira uma fraude supostamente cometida contra o jogador por seu ex-represente, José María González, de quem o atleta também reivindica aproximadamente US$ 2 milhões (cerca de R$ 3,3 milhões).

A denúncia tramita na Justiça paraguaia pelo advogado Óscar Germán Latorre, ex-procurador-geral do país, a pedido de María Alonso, esposa de Cabañas, que se recupera de um tiro recebido em 25 de janeiro deste ano em um bar na Cidade do México.

Segundo a mídia de Assunção, o atleta acusa González de ter superfaturado um terreno que os dois adquiriram juntos em 2008 por mais de US$ 1 milhão (aproximadamente R$ 1,7 milhões) dois dias depois de ter sido adquirido pelo proprietário anterior por US$ 374 mil (R$ 628,7 milhões).

O terreno se encontra em Villa Elisa, localidade próxima a Assunção, onde o jogador do América do México vem construindo em sociedade com seu ex-representante um moderno complexo esportivo.

O jornal "Ultima Hora" mencionou que "como o investimento proposto por González foi a partes iguais, se entende que Cabañas forneceu US$ 500 mil (R$ 840,5 mil), o que teria sido suficiente para comprar 100% da propriedade ao preço taxado inicialmente, e ainda teriam restado aproximadamente US$ 200 mil (R$ 336,2)".

Latorre revelou que o processo foi aberto após terem se esgotado as possibilidades de um acordo extrajudicial entre as partes. Já a esposa de Cabañas revelou que desde 24 de novembro, quando o jogador rompeu com seu representante, a família reivindica US$ 2 milhões (R$ 3,3 milhões) que teriam sido disponibilizados para González adquirir propriedades e outros bens cujos comprovantes de aquisições não foram apresentados.

Leia tudo sobre: futebol internacionalparaguai

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG