Tamanho do texto

Pai e noiva de jogador do Bolton agradecem apoio dos fãs, de figuras do futebol e da equipe médica que tem cuidado dele

selo

A família de Fabrice Muamba , jogador do Bolton que sofreu uma parada cardíaca em campo durante um jogo do seu time no último sábado , se pronunciou de forma oficial nesta sexta-feira e ressaltou que o atleta ainda terá pela frente "um longo período de recuperação".

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O jogador inglês ainda está em um hospital de Londres, onde foi internado no sábado depois do colapso que sofreu no primeiro tempo do confronto diante do Tottenham, pelas quartas de final da Copa da Inglaterra, no Estádio White Hart Lane.

Leia também:  "Ele estava morto", afirma médico do Bolton sobre Muamba

Por meio de um comunicado, o pai de Muamba e a noiva do jogador, Marcel Muamba e Shauna Magunda, agradeceram ao apoio dos fãs, de figuras do futebol e da equipe médica que cuida do meio-campista desde sábado, além de terem alertado que o quadro do atleta ainda é grave e inspira muita preocupação.

8 MIL KM: No futebol dos EUA, Henry viaja até Londres para visitar Muamba

"Mesmo que Fabrice tenha feito grandes progressos nos últimos dias, ele ainda está em tratamento intensivo e ainda tem um longo período de recuperação pela frente", disse o comunicado, que depois enfatizou que Muamba pediu para que todos "mantenham as suas orações" pela sua recuperação.

Veja ainda:  Caso Muamba abre debate sobre controle médico no futebol inglês

O presidente da Fifa, Joseph Blatter, outros dirigentes de peso do futebol mundial e vários times do mundo, entre eles o Barcelona, prestaram solidariedade ao Bolton e ao jogador pelo dramático episódio ocorrido no último sábado. "Nós ficamos estupefatos com todas as mensagens amáveis que temos recebido. O apoio que tivemos dos fãs - não apenas do Bolton mas de torcedores de todo o mundo - nos deu muita força. Ficamos particularmente tocados com o apoio de toda a comunidade do futebol no mundo", seguiu o comunicado.

Confira também:  Brasileiro Sandro relata desespero no atendimento a Muamba

O coração de Muamba ficou sem bater por 78 minutos após o incidente do último sábado, sendo 48 deles no caminho até o hospital, onde foram necessários mais 30 minutos de procedimentos de reanimação e 15 aplicações de um desfibrilador para que o mesmo voltasse a funcionar. Os médicos ainda não descobriram a causa do enfarte.

E mais:  Reclamação de Mourinho pode ter salvado a vida de Muamba

O jogo do Bolton contra o Tottenham pela Copa da Inglaterra será retomado na próxima terça-feira. E, embora a partida tenha sido suspensa pouco antes do intervalo com o placar de 1 a 1, o duelo será disputado desde o começo.