Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Falhas defensivas deixam Carleto e Diogo no banco do São Paulo

Contra o Atlético-MG, zagueiro Samuel será improvisado na lateral-esquerda; para a próxima temporada, posição é uma das grandes preocupações

Levi Guimarães, iG São Paulo |

Diogo e Thiago Carleto devem terminar 2010 decepcionados. Laterais-esquerdos reservas do São Paulo, os dois não conseguiram se firmar na equipe quando o titular Júnior César se machucou e nem com as seguidas suspensões de Richarlyson, que vinha sendo improvisado na posição. Na última partida do ano, mais uma vez os dois devem ser preteridos e o zagueiro Samuel será titular contra o Atlético-MG.

O técnico Paulo César Carpegiani, claro, evita criticar os jovens jogadores (Diogo tem 20 anos e Carleto 21), mas aponta as deficiências dos dois nos fundamentos de marcação como principais motivos para busca outras alternativas.

São jogadores que tem facilidade no apoio, para ajudar no ataque, mas que tem dificuldade na marcação. [A lateral] é um setor onde eu quero ter mais firmeza, e o Samuel me dá isso. Em contrapartida, não tenho tanto apoio, disse o treinador após o treino desta quinta-feira.

Para 2011, o lado esquerdo já é motivo de preocupação para a comissão técnica são-paulina. Além de Richarlyson, o meia Jorge Wagner, que poderia ser uma solução eventual para a posição, também vai deixar o São Paulo. E Júnior César deve encerrar sua recuperação apenas em fevereiro.

Essas ausências, aliadas à falta de confiança em Diogo e Carleto, fazem com que outros nomes já sejam cogitados para reforçar o São Paulo. Uma das primeiras especulações é em relação à possível contratação de Juan, que foi revelado pelo próprio São Paulo e hoje defende o Flamengo. A diretoria, no entanto, nega que já esteja em negociações com o jogador.

Leia tudo sobre: campeonato brasileirofutebolsão paulo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG