Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Falcão volta ao estádio onde terminou sua última Libertadores

Treinador nunca venceu a competição sul-americana e buscará o primeiro título com o Internacional

Gabriel Cardoso, iG Porto Alegre |

Faz tempo, foi em 1980. Mas o estádio Centenário não traz boas recordações para Paulo Roberto Falcão. Foi no palco do jogo desta noite que acabou o último sonho do ex-jogador de ganhar a Copa Libertadores.

Falcão se despedia do Inter, logo em seguida, no mesmo ano, iria para a Roma. Teve a chance de ir embora com o que seria o maior título da história do clube na época, mas o Inter acabou perdendo a decisão da Libertadores de 1980, dentro do estádio Centenário, para o Nacional do Uruguai.

O Inter não conseguiu sair do 0 a 0 no jogo de ida; na volta o Nacional exerceu a força do mando de campo e fez 1 a 0. O time de Falcão, Mário Sérgio, Jair e Mauro Galvão acabou sendo vice-campeão. Ele nunca mais voltaria a disputar a competição dentro de campo; o Inter está oportunizando nova chance a Falcão, desta vez como treinador.

“A grande maioria do grupo já ganhou a Libertadores. Eu disse a eles que quero que me ensinem a ganhar esta competição”, disse Falcão.

Peñarol x Inter se enfrentam a partir das 19h30 no Centenário. É o jogo de ida das oitavas-de-final. Falcão escala Renan; Nei, Bolívar, Rodrigo e Kléber; Bolatti, Guiñazu, Andrezinho e D´Alessandro; Rafael Sobis e Leandro Damião. Muriel, Daniel, Índio, Juan, Tinga, Wilson Matias, Oscar, Ricardo Goulart, Zé Roberto e Cavenaghi completam a delegação.
 

Leia tudo sobre: InternacionalFalcãoPeñarolCopa Libertadores 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG