Tamanho do texto

Arbitragem alegou ter encerrado o jogo quando o craque do futsal fez um gol do meio da quadra

Do meio da quadra da Arena Vivo, Falcão girou e acertou as redes defendidas pelo V&M Minas. O lance foi comemorado, mas não valeu, para incredulidade do craque, porque a arbitragem alegou ter encerrado o jogo. Mas o Santos/Cortiana nem precisava daquele golaço. Com uma vitória de virada por 2 a 1, estava garantida a invencibilidade do time paulista.

Mas a equipe da Baixada Santista sofreu para conseguir sua 14ª vitória em 16 partidas pela Liga Futsal. Para alcançar os 44 pontos e ficar a seis do Carlos Barbosa, segundo colocado da competição, o Peixe teve de superar um susto sofrido com a vitória parcial por 1 a 0 do Minas, agora em 16º lugar com 20 pontos, até os seis minutos do segundo tempo.

Nando puxou um contra-ataque aos 18 minutos do confronto e fez toda a jogada para Dieguinho, livre, só tocar para as redes vazias e abrir o placar a favor dos donos da casa. Foi o lance de desequilíbrio em uma etapa extremamente parelha entre os dois times. Os santistas já esboçavam nervosismo com a possibilidade de sofrer a primeira derrota.

Até que o ala Pixote, que já passou pelo Minas, venceu a marcação para empatar com um chute forte, que não pôde ser evitado mesmo pelo goleiro Bianchinni, que chegou a tocar na bola. Aos 12 minutos do segundo tempo, Falcão puxou contra-ataque e passou para Pixote, com um toque por cobertura, tornar-se o herói do jogo.

Nem adiantou o Minas colocar o fixo Nando como goleiro-linha. A vitória, mais uma vez, era do Santos. Nesta quinta-feira, sem um golaço de Falcão, por questão de segundos.

Confira outros resultados desta quinta-feira na Liga Futsal:

Diplomata/Muffatão/Cvel 1 x 1 Copagril/Faville/DalPonte
SPFC/Marília/Construban 7 x 0 AnápolisFutsal/SuperBolla
São José/ValeSul Shopping 2 x 2 São Caetano/CorinthiansUnip
Carlos Barbosa 3 x 0 Gazin/Oi/Penalty
Florianópolis FutSal 2 x 3 Krona/Joinville/DalPonte
Praia/Pepsi/Velox 1 x 3 Suzano/Drummond/Penalty

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.