Treinador teve 50,87% de aproveitamento e conquistou menos pontos do que Jorge Fossati e Celso Roth

Falcão, demitido do comando técnico do Inter nesta segunda-feira, conseguiu superar a sua primeira passagem pelo Beira-Rio, mas a campanha atual não vence os números de seus dois antecessores: Celso Roth e Jorge Fossati.

A última passagem pelo Inter durou pouco mais de três meses. Ele foi apresentado no dia 11 de abril e demitido em 18 de julho. Foram 19 jogos, oito vitórias, cinco empates e seis derrotas, conquistando 50,87% dos pontos. Venceu o segundo turno estadual e também o Campeonato Gaúcho de 2011.

Entre para a Torcida Virtual do Inter e convide seus amigos

Grêmio tem a maior torcida do Twitter. Amplie a do Inter

Falcão supera por pouco a sua primeira passagem como treinador no Beira-Rio, em 1993. Naquela época comandou o time em 14 jogos, com cinco vitórias, quatro empates e cinco derrotas, somando 50% dos pontos, na época que a vitória valia dois pontos.

Celso Roth, que foi substituído por Falcão, ficou no clube entre maio de 2010 e abril de 2011. Foram 51 partidas, 25 vitórias, 14 empates e 12 derrotas – 58,1% dos pontos. Foi campeão da Libertadores de 2010 pelo clube.

O melhor aproveitamento recente foi o de Jorge Fossati. O uruguaio esteve em Porto Alegre entre dezembro de 2009 e maio de 2010. Foram 18 vitórias, seis emaptes e nove derrotas, em 33 partidas – 60,6%. Fossati venceu um turno estadual e deixou o time classificado para a semifinal da Libertadores.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.