Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Falcão fecha o primeiro treino no Inter

Novo treinador mantém mistério quanto a ideia de trabalho e frustra torcedores que vieram ao Beira-Rio

Gabriel Cardoso, iG Porto Alegre |

O primeiro treino de Falcão no Inter foi com portões fechados. O treinador decidiu ter maior privacidade no encontro inicial com o grupo de jogadores e pediu que a assessoria de imprensa comunicasse a todos sobre o treino fechado.

A parte final da atividade será aberta para fotos e filmagem. A torcida também aguarda para ver parte do treino. Alguns desistiram e voltaram para casa. Cerca de 50 ainda aguardam no pátio do Beira-Rio.

Falcão começa nessa terça-feira a implementar o seu estilo de trabalho no Inter. Ele terá quatro dias de treinos até a estreia, sábado, 18h30, contra o Santa Cruz, no Beira-Rio, pelo Gauchão. O novo treinador deu indícios de que mudará a forma de o time jogar.

“Não quero sofrer no banco, como vejo alguns companheiros. Quero ver um espetáculo. Quero ter um futebol leve. Temos que fazer algo diferente em termos de esquema tático. Vou conseguir? Acho que sim. Sinto que tenho um grupo inteligente. Acho que tenho jogadores para isso”, explicou.

A projeção é que Falcão faça um time mais ofensivo, em relação ao que vinha sendo usado por Celso Roth. A começar pela utilização de dois atacantes, ao invés do 4-2-3-1.

“Eu não acredito em futebol sem compactação. Existem coisas enraizadas. Não e fácil conseguir isso. Minha ideia é fazer um time mais compacto. Quero um time que defenda com muita capacidade, mas que ataque com muita capacidade. É questão de tempo”, projetou.

Alexandre Lops/AI Internacional
Falcão conversa com o auxiliar-técnico Julinho Camargo

Leia tudo sobre: InternacionalFalcão

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG