Time terá desfalque de última hora: o goleiro Lauro, com lesão muscular na coxa. Oscar também está fora

Paulo Roberto Falcão admite que o coração está batendo mais forte às vésperas de reestrear pelo Internacional . Neste sábado, às 18h30, o time recebe o Santa Cruz, pelo Campeonato Gaúcho.

“Preocupação, não. Ansiedade, sim. Eu estava há muito tempo trabalhando para voltar ao futebol. E ainda estou fazendo isso no time que me criei, no time que joguei desde pequeno. É uma situação diferente”, disse o treinador.

O treinador voltou a fechar o treino desta sexta-feira, mas declarou que o time que vai escalar já é conhecido pela imprensa. Isto leva a definir que vão a campo os atletas que começaram o coletivo de quinta-feira, o único que foi aberto para a imprensa.

“Estou com o time definido. Vocês já sabem o time que vai jogar. Prefiro comunicar aos jogadores antes”, explicou.

Falcão comandou a equipe no esquema tático 4-4-2. A tática sofre uma alteração quando com a posse de bola. D´Alessandro foge pelo lado esquerdo do campo, formando um 4-3-3. Ele preferiu minimizar o time mais ofensivo que está escalando.

“Não quero ter muitas variantes, isso é ruim para o time. Não espero grandes espetáculos. Estamos um busca de um time um pouco mais agressivo, que crie dificuldade para o adversário jogar. O 4-3-3 é uma alternativa que pode ser usada. D´Alessandro tem uma qualidade conhecida por todos. Quanto mais perto do gol ele estiver, mais o time ganha. O objetivo é que ele possa chegar à frente”, relatou.

Falcão teve um problema de última hora. O goleiro Lauro sofereu lesão muscular na coxa e está fora. Assim como o meia-atacante Oscar, que segue em tratamento do tornozelo direito. O time a ser confirmado deve ter: Renan, Nei, Bolívar, Rodrigo e Kléber; Bolatti, Guiñazu, Andrezinho e D´Alessandro; Rafael Sobis e Leandro Damião. O zagueiro Índio ficará como opção no banco de reservas. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.