Por ataque a palmeirenses, duas organizadas do Flu não vão poder aparecer contra Santos e São Paulo

Photocamera
Mariano corre com a bola durante confronto entre Fluminense e Palmeiras, no Raulino de Oliveira, em Volta Redonda
A Justiça do Rio de Janeiro puniu nesta terça-feira duas facções organizadas do Fluminese com dois jogos de suspensão dos estádios.

Segundo denúncia do Ministério Público do Rio de Janeiro, as facções Young Flu e Força Flu desrespeitaram o Estatuto do Torcedor quando seus integrantes entraram em confronto com a torcida do Palmeiras antes de jogo entre as duas equipes (a partida terminou com vitória do Fluminense sobre o Palmeiras ). O incidente ocorreu no dia 24 de julho, em Volta Redonda.

Siga o Twitter do iG Fluminense e receba notícias do time em tempo real

A punição às torcidas terá de ser cumprida nos dois próximos clássicos regionais do Flu: contra o Santos , no próximo dia 24, e contra o São Paulo , no dia 31 de agosto. Vale lembrar que os integrantes das torcidas não estão impedidos de entrar nos estádios para assistirem a estes jogos. Estão proibidas apenas faixas, camisas e outros símbolos que identifiquem as duas facções.

De acordo com o Ministério Público do Rio, tal punição está prevista no TAC (Termo de Ajustamento de Conduta), proposto no dia 13 de junho e assinado pelos representantes das principais torcidas do Rio.

Entre para a Torcida Virtual do iG Fluminense e ajude o time a subir no ranking

De acordo com a decisão desta terça-feira, “ficou demonstrado ter havido uma ação relativamente organizada de emboscada e de confronto com a torcida visitante, conduta relacionada a uma fração das torcidas Young Flu e Força Flu, ainda que tenha partido não apenas de membros identificados e registrados, mas também de simpatizantes destas torcidas.” O confronto ocorreu do lado de fora do Estádio Raulino de Oliveira, quando os tricolores cercaram o ônibus que traziam os palmeirenses.

Segundo o Ministério Público, esta é a segunda punição de torcida com base no TAC. A primeira a foi aplicada à Fúria Jovem, do Botafogo, no início de agosto, depois de um ataque contra um comboio de torcedores do Flamengo, na Cidade de Deus, dia 19 de junho.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.