Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Fábregas queria 'se dar um tiro' após derrota para o Barça

Jogador do Arsenal já revelou ser torcedor da equipe espanhola, o que não diminuiu seu sofrimento ao ser eliminado da Liga

Gazeta Esportiva |

O meio-campista Cesc Fábregas sempre causa polêmica quando o assunto é Barcelona. Nesta semana, ele enfrentou os catalães com o Arsenal e saiu derrotado de campo, eliminado da Copa dos Campeões. Segundo o pai do atleta, ser torcedor declarado do time espanhol não diminuiu a dor do meia, que queria se dar um tiro após a partida.

"Falei com ele depois da partida e a verdade é que ele estava com vontade de se dar um tiro, pois era uma partida que ele queria muito vencer, era uma partida de Copa dos Campeões e era ainda mais especial para ele por ser contra o Barça, time onde ele foi formado", revelou Francesc, pai do atleta, a RAC 105.

Francesc (mesmo nome do jogador, que usa o apelido Cesc como seu nome) ainda contou que o jogador não estava suportando as dores em sua perna, que o tirarão, possivelmente, das próximas duas partidas da equipe inglesa.

"E ver que desde o décimo minuto do jogo ele já estava sentindo a perna e não conseguia jogar o futebol que está acostumado, eu que o conheço acredito que para o pobre garoto foi um dos piores dias de sua vida", contou.

Leia tudo sobre: futebol mundialarsenalfabregas

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG