Jogadores marcaram seus gols e o time catalão venceu com facilidade o Villarreal por 5 a 0

Foi apenas a terceira vez que eles jogaram juntos na temporada, mas Lionel Messi e o espanhol Cesc Fábregas parecem dividir vestiário do Barcelona há muitos anos. Na estreia do Campeonato Espanhol, o camisa 10 voltou a deixar o recém-chegado na cara do gol, e ajudou na vitória por 5 a 0 sobre o Villarreal. Outro destaque do jogo foi o brasileiro Thiago. Ele deu assistência a um dos gols do argentino, que fez dois, a Alexis Sánchez e ainda fez o seu.

El Pichichi: conheça o blog de futebol espanhol e veja os gols do Barcelona

O jogo foi válido pela segunda rodada, pois a primeira foi adiada devido à greve dos jogadores espanhóis, que pressionam por um melhor acordo coletivo. Mesmo assim, o Barça já entrou em campo oficialmente três vezes nesta temporada, pela Supercopas da Espanha, contra o Real Madrid , e da Europa, contra o Porto .

Contratado por R$ 78 milhões, valor que pode chegar a R$ 91 milhões, Fábregas estreou aos 36 minutos do segundo tempo do jogo de volta contra o Real Madrid, em 17 de agosto. Começou jogando no amistoso contra o Napoli, e depois, no duelo com o Porto, entrou para receber de Messi e decretar o triunfo por 2 a 0.

Pela primeira vez como titular em jogos oficiais, o camisa 4 participou do primeiro gol, do brasileiro Thiago Alcântara, puxando a marcação para o brasileiro chutar de fora da área no canto esquerdo de Diego López. Depois, entrou na área como costumava fazer nos tempos de Arsenal, driblou o arqueiro e ampliou.

No começo do segundo tempo, Sánchez estava livre na direita, após longo lançamento de Thiago, para chutar cruzado e marcar mais um. Pouco depois, Messi recebeu de Iniesta, também driblou López, e fez o quarto. O argentino recebeu do brasileiro, aos 29 minutos, e fechou o placar.

Na próxima rodada, o Barcelona enfrenta o Real Sociedad fora de casa, enquanto o Villarreal recebe o Sevilla, no estádio El Madrigal.

O jogo
Sem Daniel Alves, Puyol e Piqué, o técnico Guardiola precisou improvisar. Mascherano, pela direita, Abidal, pela esquerda, e Busquets, de líbero, formaram a zaga. Mesmo assim, o estilo do Barcelona foi imposto. Com mais posse de bola, o Villarreal chegou poucas vezes ao gol de Valdés.

Aos cinco minutos, Alexis Sánchez recebeu na direita e bateu fraco, sem problemas para Diego López. A primeira chance de gol clara foi com Busquets, de cabeça, no travessão, aos 17 minutos. Aos 25, Thiago avançou pelo meio, Fabregas entrou na área, puxou a marcação e o brasileiro acertou um chute no canto esquerdo do arqueiro.

Aos 37, Messi mostrou que conhece Fabregas muito bem. Driblou dois na entrada da área e tentou a cavadinha, mas a zaga tirou de cabeça. O Villarreal respondeu com Giuseppe Rossi. O italiano recebeu nas costas da defesa e bateu forte. Valdés espalmou para trás, a bola bateu no travessão e na linha antes do goleiro afastar. De qualquer forma, o assistente já havia marcado impedimento.

O último lance do primeiro tempo foi justamente a bola lançada por Messi, deixando Fabregas na cara do gol. Driblando López, ele fez seu primeiro gol no Campeonato Espanhol e o segundo com a camisa do Barça.

No segundo tempo, o time catalão tratou de definir logo o resultado. Sanchez recebeu lançamento de Thiago pela direita, avançou e chutou cruzado, logo aos 2 minutos. No lance seguinte, mais uma vez Fabregas tabelou com Messi, mas arrematou por cima do gol.

Messi quis mostrar que também sabe jogar com Iniesta e recebeu nas costas da zaga, López foi driblado de novo, e o Barcelona dilatou o placar para 4 a 0.

O Barça continuou tocando a bola, mas tirou o pé e ameaçou menos. Pedro recebeu na ponta esquerda, aos 15 minutos, mas o cruzamento foi interceptado pelo goleiro. Aos 24, Messi chutou forte, de fora da área e acertou as mãos de López. Aos 29, o argentino tabelou com Thiago e entrou na pequena área. O brasileiro esperou o camisa 10 se posicionar e cruzou para o companheiro marcar o quinto do time azul-grená.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.