Desejado pelo clube catalão, meio-campista afirmou que só deixará Arsenal se não estiver se sentindo confortável na Inglaterra

Pretendido pelo Barcelona , o meia Cesc Fabregas , atualmente jogador do Arsenal , negou a possibilidade de reforçar as linhas do clube catalão. Nesta quarta-feira, em entrevista ao jornal Marca , o capitão do time inglês, que não vence um campeonato há seis anos, ainda lamentou o jejum de títulos.

"Se algum dia eu me pronunciar para a imprensa sobre a minha saída, será porque o momento realmente está ruim. Se eu tiver que sair do time, falarei somente no dia, não antes. Estou muito contente no Arsenal, dizer outra coisa seria mentira. Temos um time muito forte e um grande treinador", explicou Fabregas, durante evento em Madri.

Formado nas categorias de base do Barça, o meia foi rapidamente negociado com o futebol inglês, onde ganhou destaque e se firmou como capitão do Arsenal. No entanto, Fabregas criticou a ausência de títulos de seu clube nos últimos anos.

"O Barcelona é o melhor time do mundo e está claro que qualquer jogador do mundo que se transferir para lá terá a certeza de que vai conquistar títulos. Estou frustrado por este momento. Sempre fazemos tudo o que está ao nosso alcance e ficamos às portas destas conquistas", encerrou o espanhol.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.