Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Fábio sobe o tom das cobranças aos colegas de Cruzeiro

Goleiro acredita que o time não está se entregando como deveria nas partidas e pede mais atenção

Frederico Machado, iG Belo Horizonte |

nullA entrevista do goleiro Fábio nessa segunda-feira teve tom de desabafo e cobrança na Toca da Raposa II. O capitão do Cruzeiro acredita que o time está sem um padrão de jogo definido e, para piorar, a entrega não tem sido a adequada em campo. Fábio prega atenção total para evitar gols logo no começo dos jogos, como aconteceu diante do Grêmio, na derrota por 2 a 0.

Siga o Twitter do iG Cruzeiro e receba notícias do time em tempo real

Fábio cobra um padrão de jogo do Cruzeiro. “Não estamos fazendo bem nem defensivamente e nem ofensivamente. Não definimos ainda nos jogos o que estamos fazendo. Fica difícil, porque se formos ver, poderíamos ter empatado a metade desses oito jogos e quatro pontos a mais seriam uma tranqüilidade na tabela. Não estamos conseguindo nem empatar. Ainda não definimos nossa postura”, afirmou o goleiro.

Para o goleiro, os gols no começo dos jogos têm atrapalhado muito. “Sofremos gol muito cedo, quebrou o esquema do treinador. Aí não faz as coisas por falta de confiança. Temos que ter postura desde o início. Sofrendo gol como estamos sofrendo no início do jogo para revirar o placar é muito mais difícil. Quando está 0 a 0, na pior das hipóteses, vamos sair com o empate”, analisou.

O goleiro acredita que o time não está se doando da maneira necessária nas partidas. “Estão vivendo uma outra competição (se referindo aos colegas de time). Estamos sem vencer há oito rodadas. Perder faz parte se o outro time for melhor que a gente. Mas não por omissão como está acontecendo”, desabafou.

Apesar da má fase, Fábio acredita que o fato do jogo do Cruzeiro ser o único na quarta-feira pode ser positivo. “Tem que mudar, não tem mais onde deixar para a próxima. As outras equipes venceram, estamos a dois pontos deles. Ainda temos a chance de jogar antes e colocar pressão nos outros times. Temos que fazer o nosso trabalho e vencer”, concluiu.

Entre para a torcida virtual do Cruzeiro e comente as cobranças de Fábio

Leia tudo sobre: CruzeiroBrasileirão 2011Fábio

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG