Tamanho do texto

Lateral-esquerdo comemorou por ter marcado dois gols no mesmo jogo pela primeira vez na carreira

Segundo reserva da lateral esquerda do Corinthians até uma semana atrás, nem Fábio Santos acreditava que, neste domingo, poderia deixar o Pacaembu como herói da vitória corintiana no clássico contra o Santos. O lateral abriu o placar com um golaço de falta e depois fez o segundo gol também, de pênalti.

Quando foi lançado no São Paulo, ele chegou a atuar no meio-campo. Também atuou por ali na época de seleção brasileira sub-20, sendo responsável muitas vezes pela cobrança de bola parada no ataque, mas nunca havia marcado dois gols em um jogo. Neste domingo, aproveitou-se da ausência de Chicão e Roberto Carlos para pegar a bola e cobrar a falta que abriu o placar no Pacaembu.

"É difícil um lateral fazer dois gols em uma partida. É a primeira vez que isso acontece na minha carreira. Estou muito feliz pela vitória e por essa surpresa dos dois gols", comentou o jogador, que revelou que pediu para bater o pênalti que voltou a colocar o Corinthians na frente do marcado: "Eu pedi para bater o pênalti, estava confiante, graças a Deus deu tudo certo".

Autor do terceiro gol, encobrindo Rafael, o atacante Liedson preferiu elogiar a postura do time. "Eu acho que a jogada foi bonita. Soubemos jogar quando tínhamos que jogar. Foi merecido, o elenco está de parabéns", disse o luso-brasileiro. "Mérito de todos, também dessa torcida que nos apoiou o tempo todo", finalizou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.