Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Fábio Rochemback é a nova baixa e Grêmio viaja com 17 ao Chile

Equipe gaúcha não tem jogadores disponíveis para completar banco contra Universidad Católica

Hector Werlang, iG Porto Alegre |

AE
Willian Magrão é um dos seis machucados do Grêmio
O que já era ruim ficou pior. Na reparesentação do Grêmio, na manhã desta segunda-feira, o técnico Renato Gaúcho ganhou mais um desfalque para a partida contra o Universidad Católica, quarta-feira, pela Libertadores. Fábio Rochemback, com lesão muscular na coxa esquerda, é sexto jogador machucado a desfalcar a equipe na partida que vale vaga às quartas de final do torneio sul-americano – precisa vencer por dois gols de diferença ou por um desde que marque três.

Rochemback sentiu a lesão no Gre-Nal, domingo, no Beira-Rio. O mesmo aconteceu com Gabriel e Willian Magrão – a dupla tem problema muscular na coxa direita. Estes três se juntam a Victor (ombro direito), Lúcio (virilha esquerda e panturrilha direita) e André Lima (joelho direito).

As baixas impedem a formação do banco de reservas. Isto porque Borges, suspenso, e Carlos Alberto, dispensado pela direção, também estão fora da partida. Então, dos 25 inscritos no torneio sul-americano, há apenas 17 disponíveis.

Menos mal que Escudero recuperou-se das dores musculares na coxa esquerda e treinou na manhã desta segunda. Deve ficar no banco no Chile.

A equipe será definida no treino de terça-feira em Santiago. As opções são: Marcelo e Matheus para o gol, Mário para a lateral direita, Vilson, Rafael Marques, Rodolfo e Neuton para a zaga e Gilson para a lateral esquerda. O meia tem os volantes Adilson, Fernando e Maylson e os meias Vinícius Pacheco, Escudero e Douglas. Lins, Leandro e Junior Viçosa são os atacantes.

Leia tudo sobre: grêmiocopa libertadores 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG