Goleiro escorregou e não conseguiu alcançar a bola cabeçeada por Marcinho no primeiro tempo

O goleiro Fábio explicou o lance do primeiro gol do Atlético-PR , na derrota do Cruzeiro por 2 a 1, em Curitiba . O capitão cruzeirense culpou o gramado da Arena da Baixada pelo escorregão que acabou culminando com o gol de cabeça do ex-cruzeirense Marcinho.

Siga o iG Cruzeiro no Twitter e receba todas as informações do seu time

Quando o Cruzeiro era melhor na partida e já havia criado, pelo menos, três oportunidades perigosas de gol, o Atlético-PR atacou uma vez e conseguiu marcar. O lance foi de infelicidade para o goleiro Fábio, que escorregou e não conseguiu alcançar a cabeçada de Marcinho. "O Marcinho cabeceou no canto, mas se eu não tivesse escorregado uns 40 centímetros pela condição do gramado, eu teria chegado à bola", explicou.

Entre para a Torcida Virtual do Cruzeiro e convide seus amigos

Realmente o gramado da Arena da Baixada deixou a desejar. Tanto é que o atacante Wellington Paulista quase teve que ser substituído depois de pisar em um buraco na segunda etapa.

Veja a classificação e a tabela de jogos do Brasileirão

Fábio reclamou das chances desperdiçadas pela equipe ainda no primeiro tempo. "Tivemos chances, mas não fizemos o gol. Aí tomamos pressão até o final. Jogo assim tem que aprovietar as oportunidades para vencer", esbravejou o goleiro.null

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.