Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Fã de Marcos, Rafael enfrenta ídolo pela primeira vez no clássico

Santista tinha 12 anos quando Marcos venceu o Mundial pela seleção brasileira, título que inspirou Rafael

Samir Carvalho e Danilo Lavieri, iG Esporte |

O clássico entre Palmeiras e Santos neste domingo , às 18h30 (de Brasília), no estádio do Pacaembu, marcará o encontro de fã e ídolo: os goleiros Rafael e Marcos . O jovem goleiro santista não esconde a ansiedade de enfrentar o jogador que o inspirou na carreira.

Entre para a Torcida Virtual de Santos e Palmeiras e convide os amigos

Gazeta Press
Defesas de Marcos serviram de inspiração para o santista Rafael começar a carreira de goleiro

Enquanto Marcos completa 38 anos no próximo mês e promete encerrar a carreira no final deste ano, Rafael tem apenas 21 anos e começa a conquistar títulos no Santos, seguindo a carreira vitoriosa que o ídolo obteve no gol do Palmeiras. Aliás, foi o principal título de Marcos que inspirou Rafael a ser goleiro. O santista tinha apenas 12 anos quando o ídolo conquista a troféu de campeão mundial pela seleção brasileira em 2002.

“Fico muito feliz. Na minha infância o Marcos se destacou muito, quando eu tinha 12 anos, foi ele que jogou a Copa do Mundo em 2002. É um ídolo para mim, ele me espelhou muito para jogar no gol, com grandes partidas, com grandes defesas, conquistou inúmeros títulos”, afirmou Rafael.

Marcos foi poupado no duelo contra o América na última quinta-feira e não estava confirmado para o clássico quando Rafael concedeu entrevista coletiva no início da semana no CT Rei Pelé. Além da torcida e comissão técnica do Palmeiras, o jovem santista também não escondia a vontade de ver o ídolo atuar contra o Santos neste domingo.

“Já joguei contra o Palmeiras, mas em todas as oportunidades foi o Deola e não o Marcos. Já fiquei no banco contra o Marcos, na semifinal do Paulista de 2009, quando subi para o profissional, era o Fábio (Costa) que estava no gol do santos. Para mim é um prazer jogar contra ele, é um ídolo, todos os torcedores de todas as equipes gostam dele, não apenas os palmeirenses. Vamos fazer um grande jogo e cada um defendendo o seu”, destacou Rafael.

Siga o Twitter do iG Santos e receba notícias do time em tempo real

Fã e ídolo tiveram inícios semelhantes na carreira: os dois foram provados em competições importantes quando a assumiram a posição de titular. No primeiro ano como titular, Marcos substituiu Velozo em 1999, e fez atuações memoráveis contra o Corinthians na Copa Libertadores da América, levando o Palmeiras ao primeiro título da competição.

Já Rafael assumiu a posição de titular no Santos no primeiro jogo da final da Copa do Brasil, diante do Vitória, na temporada passada. A equipe santista foi campeã da competição. Neste ano, Rafael foi importantíssimo nos dois títulos conquistados pelo Santos: Campeonato Paulista e Copa Libertadores da América.

 


 

Leia tudo sobre: santospalmeirasrafaelmarcosbrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG