Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Fã de futebol, José Alencar é lembrado por jogadores e pelo Fla

Ex-vice-presidente da República, que morreu nesta terça-feira, sabia escalar time do Fla na década de 40

iG São Paulo |

Ex-vice-presidente da República, empresário, exemplo de luta pela vida e flamenguista. Esse era José Alencar, político que morreu na tarde desta terça-feira. Seu perfil como fã de futebol era menos conhecido, mas mesmo assim ele foi lembrado por esportistas, que manifestaram tristeza via twitter depois que souberam da notícia.

null"Nós nascemos na zona da mata mineira, perto do Rio (de Janeiro). Os primeiros trocados que nós ganhávamos trabalhando era pra ir ao Rio pra ver o Flamengo jogar contra o Vasco, Botafogo, Fluminense e América-RJ", comentou José Alencar, em evento que contava com a presença de Adriano "Imperador" e de Márcio Braga, ex-presidente do Flamengo. Neste dia, pouco tempo após o título brasileiro do Fla em 2009, ele chegou a lembrar e escalar um time do Flamengo campeão na década de 40 (veja vídeo ao lado).

A morte de José Alencar foi lembrada pelo próprio Flamengo, que entrou em luto por três dias e divulgou uma nota para lamentar o acontecido. "É com grande pesar que o Clube de Regatas do Flamengo lamenta a morte de um de seus mais ilustres torcedores", diz o comunicado no site oficial do time.

Mas não foram só os flamenguistas que lembraram de José Alencar. O ex-atacante Ronaldo, por exemplo, escreveu: "A tristeza pela perda do José Alencar só não maior do que a lição de amor a vida que esse guerreiro nos deixou. Luto", declarou, para ainda completar: "Meu carinho para toda a família dele. Vocês podem ter certeza de que ele nos ensinou muito nessa luta pela vida", comentou o "Fenômeno" via twitter.

Outro que também escreveu sobre a morte do ex-vice-presidente da República foi Lucas Leiva, volante do Liverpool e da seleção brasileira: "Que triste notícia que acabo de ler sobre nosso ex-vice-presidente. Um grande exemplo de pessoa que lutou muito pela vida. Descanse em paz", escreveu o jogador também em seu microblog.

Até Nalbert, ex-jogador de vôlei, manifestou-se sobre a morte de José Alencar: "Vai para o lado de Deus José Alencar, grande guerreiro! Exemplo de superação,simplicidade e perseverança! Descansa em paz, guerreiro!", declarou ele, via twitter.

Veja abaixo na íntegra a nota do Flamengo sobre a morte de José Alencar:

"É com grande pesar que o Clube de Regatas do Flamengo lamenta a morte de um de seus mais ilustres torcedores, José Alencar. O ex-vice-presidente da Repúbllica faleceu nesta terça (29), às 14h41, por falência múltipla de órgãos, aos 79 anos, no hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. O político mineiro lutava havia 13 anos contra um câncer na região do abdômen.

Alencar nunca escondeu sua paixão pelo rubro-negro, tanto que na bancada de seu gabinete em Brasília mantinha a faixa do hexacampeonato conquistado em 2009.

Em entrevista a Revista 'IstoÉ', em dezembro de 2009, fez questão de explicar que este amor vinha de longe. E citou um por um os jogadores responsáveis pelo tricampeonato estadual do Flamengo em 1942, 1943, 1444, com destaque especial a Domingos da Guia, Perácio e Zizinho.

Oriundo de Muriaé, na zona da mata de Minas Gerais, o vice-presidente, na infância, sofreu forte influência do Rio de Janeiro. 'A gente assinava jornal carioca e não tinha nada que não fosse do Rio. Ganhava uns trocados em Minas e ia gastar no Rio', lembrou.

A presidente Patricia Amorim determinou luto oficial de três dias e solicitou seja observado um minuto de silêncio antes da partida Flamengo e Duque de Caxias, no Engenhão.

O corpo de Alencar será velado no Palácio do Planalto, com honras de Chefe de Estado"


 

Leia tudo sobre: FlamengoJosé AlencarRonaldoNalbertvôlei

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG