Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Ex-zagueiro do Grêmio, Airton Pavilhão morre em Porto Alegre

Atleta histórico foi vítima de infecção generalizada e estava internado deste sexta-feira

Hector Werlang, iG Porto Alegre |

Divulgação
Airton Ferreira da Silva era o maior zagueiro da história do Grêmio
Airton Ferreira da Silva, o Airton Pavilhão, 77 anos, ex-zagueiro do Grêmio, morreu às 14h55min desta terça-feira vítima de infecção generalizada. Internado desde a última sexta-feira no Hospital Ernesto Dorneles, em Porto Alegre, o ex-jogador, que marcou época nas décadas de 1960 e 1960, era considerado o maior defensor da história do clube gaúcho.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O apelido de Pavilhão surgiu na época da sua contratação do Força e Luz. Em 1954, seu passe foi trocado por um pavilhão de arquibancadas do antigo Estádio da Baixada – o Grêmo inaugurou o Olímpico em 19 de setembro do mesmo ano. Airton era conhecido pela qualidade técnica no desarme. Não costumava fazer faltas. Suas atuações entre 1954 e 1960 renderam convocações à seleção brasileira e contratação pelo Santos. Voltaria ao time de Porto Alegre para atuar de 1961 e 1967.

Twitter iG Grêmio: Notícias e comentários em tempo real

Airton era conselheiro do clube gaúcho, teve seu nome colocado em um pavilhão do Centro de Treinamentos do Grêmio, em Eldorado do Sul, e recentemente foi eleito atleta laureado do clube. Seu corpo será velado no salão do Conselho Deliberativo. Ainda não há informações sobre o enterro.

Entre para a Torcida Virtual e convide seus amigos

Leia tudo sobre: grêmioariton pavilhãozagueiro

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG