Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Expulsões foram fatos isolados e time está tranquilo, diz Deco

Meia do Fluminense acha que cartões vermelhos contra o Arsenal não refletem o espírito do grupo

Renan Rodrigues, iG Rio de Janeiro |

AE
Fred discute com jogadores do Arsenal
Uma confusão entre Digão e Fred durante a pré-temporada em Mangaratiba. Outra discussão entre Rafael Moura e Leandro Euzébio na última semana. Dois expulsos na estreia da Copa Libertadores. Apesar da temperatura alta no noticiário do Fluminense nos últimos tempos, o meia Deco não acredita que o elenco carioca ande de 'cabeça-quente' e vê os acontecimentos como fatos isolados.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"As situações de treino acontecem sempre. Em todos os times que joguei, isso é normal. É de treino. Aqui a porta está aberta, a imprensa tem acesso e qualquer situação acaba virando notícia. Com relação ao jogo, claro que perder jogadores não é bom, mas acho que são situações isoladas, que não refletem o estado de espírito do grupo. É ruim para o time, mas pior para o jogador que fica fora da partida", declarou o meia.

Leia mais: Deco admite jogar mais recuado, mas lembra: "Não é minha posição"

Apesar de destacar que as expulsões são mais prejudiciais aos atletas que ao time, Deco acredita que o clima e a arbitragem na Copa Libertadores são diferentes de outros torneios. Para o meia, as punições servirão como ensinamento para Wagner e Leandro Euzébio no decorrer da competição.

Veja mais: Deco crê em evolução do Flu contra o Vasco: "Joga e deixa jogar"

"Claro que tem que tentar evitar, mas a gente sabe que a Libertadores tem entradas violentas, arbitragens ruins. Mas acho que foi bom ter acontecido em um jogo que a gente ganhou. Até para servir de exemplo para eles", finalizou Deco.

Entre para a Torcida Virtual do Fluminense e comente as expulsões da estreia

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG