Tamanho do texto

Atacante vestiu máscara ao comemorar gol, levou segundo amarelo e deixou mais cedo o jogo contra o Colo Colo

[]A expulsão do atacante Neymar no jogo contra o Colo Colo, nesta quarta-feira, pela Copa Libertadores, abriu novamente a discussão sobre o rigor da arbitragem em relação às comemorações de gols.

Ao marcar com estilo o terceiro gol do Santos sobre o time chileno, na Vila, Neymar colocou no rosto uma das milhares de máscaras em sua homenagem distribuídas entre os torcedores . O árbitro uruguaio Roberto Silvera parece não ter visto graça e lhe mostrou cartão amarelo.

Como já havia recebido cartão na primeira etapa, ao fazer falta em Miralles, o craque acabou expulso. Além de Neymar, Elano e Zé Eduardo também levaram o cartão vermelho. No jogo, o Santos suou a camisa, mas venceu os chilenos por 3 a 2 .

Neymar marcou o terceiro gol e foi expulso depois de comemorar com a máscara
Gazeta Press
Neymar marcou o terceiro gol e foi expulso depois de comemorar com a máscara