Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Expulsão contra o Tupi foi a quinta de Richarlyson em dez meses

Sem poder contar com o titular, Dorival Júnior sinaliza com Zé Luís no time que vai enfrentar o rival

Victor Martins, iG Belo Horizonte* |

Na última temporada como jogador do São Paulo, o volante Richarlyson ficou marcado pelo grande número de cartões vermelhos. Ao todo foram quatro em 2010, sendo um na Copa Libertadores (Universitário-PER) e três no Brasileirão (Santos, Avaí e Fluminense). Depois de fazer duas boas partidas pelo Atlético-MG, contra River Plate-URU e Funorte, o jogador foi expulso no terceiro jogo como jogador do Galo.

Diante do Tupi, pela segunda rodada do Estadual, Richarlyson recebeu dois cartões amarelos em menos de cinco minutos e foi expulso pelo árbitro Átila Carneiro Magalhães. Com a expulsão, Richarlyson está fora do clássico com o Cruzeiro. O volante Zé Luís aparece como a primeira opção de Dorival Júnior.

“Cada um tem uma individualidade e temos de respeitar. Estou muito tranquilo, o Zé Luís está aí e está preparado. Qualquer outra situação que pensemos o atleta também entrará em condições. Caso tenhamos uma alteração na lateral do campo, vamos correr um risco grande, mas os jogadores estão treinados”, comentou Dorival Júnior, que além do desfalque de Richarlyson, pode ficar sem nenhum lateral-direito.

Patric foi substituído no intervalo da partida como Tupi por conta de uma torção no tornozelo direito. Já Rafael Cruz sofreu um estiramento na coxa direita no jogo de estreia do Atlético no Mineiro, contra o Funorte.
 

Leia tudo sobre: Atlético-MGRicharlysonZé LuísCampeonato Mineiro

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG