Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Ex-presidente do Real Madrid vê futuro de Mourinho em risco

Ramón Calderón acha que português tem atitudes "pouco profissionais" à frente do clube espanhol

Gazeta |

Ex-presidente do Real Madrid, Ramón Calderón não aposta na permanência do técnico José Mourinho no comando da equipe por muitos anos. De acordo com o ex-dirigente, o treinador português tem se envolvido em muitas polêmicas, o que é ruim para o clube.

"Eu acho que o que ele fez, em termos de falar sobre a Uefa e árbitros, é totalmente inanceitável. Isto não combina com a história do Real Madrid", comentou Calderon, em entrevista à "rádio Five Live". "Eu o vejo como um treinador muito, muito bom, mas falar sobre tudo isto é prejudicial ao Real Madrid".

Para o ex-presidente, a atitude de Mourinho na sequência de jogos contra o Barcelona deveria ter sido mais profissional. "Eu acho que grandes clubes não deveriam jamais culpar o árbitro por suas derrotas", analisou. "Nós investimos 450 milhões de euros (R$ 1,07 bilhões, aproximadamente), então quando você perder, não pode culpar contusões, falta de sorte ou o árbitro. Se você perder, tem que congratular o rival".

Leia tudo sobre: real madridespanhafutebol mundialmourinho

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG