Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Ex-presidente da Federação Mineira é condenado por sonegação

Elmer Ferreira recebeu pena de prisão, substituída por pagamento de salários e prestação de serviços

Denise Motta, iG Minas Gerais |

Ex-presidente da Federação Mineira de Futebol (FMF), Elmer Guilherme Ferreira foi condenado pela Justiça Federal em Belo Horizonte a dois anos e três meses de prisão por sonegação fiscal, informou o Ministério Público Federal em Minas (MPF-MG), autor da denúncia. A pena de prisão, entretanto, foi substituída pelo pagamento de cinco salários mínimos e prestação de serviços à comunidade.

Conforme a denúncia, Elmer Guilherme e Wagner Luiz Soares, respectivamente, presidente e contador da Federação Mineira de Futebol, suprimiram e reduziram tributos, omitindo informações e inserindo elementos falsos relacionados às receitas obtidas pela entidade.

A Receita Federal apurou ainda a falta de documentos comprobatórios de receitas advindas de contratos de aluguéis e de patrocínios firmados pela federação. Além disso, houve pagamento por serviços não-realizados e compra de uma propriedade rural, que sequer existe, no valor de mais de quatro milhões de reais, no Município de Canarana/MT.

Elmer Guilherme já havia sido condenado por apropriação indevida de contribuições previdenciárias, mas recorreu e aguarda julgamento.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG