Zvezdan Terzic fugiu do país em 2008, após saber que seria investigado por delitos financeiros

O ex-presidente da FSS (Federação de Futebol da Sérvia), Zvezdan Terzic, acusado de fraude e foragido desde janeiro de 2008, se entregou nesta quinta-feira em Belgrado, informou o diretor da Polícia, Milorad Veljovic.

O advogado de Terzic, Vladan Batic, indicou que seu cliente se entregou, pois é inocente. "Ele fez isso porque deseja provar diante dos tribunais, que não é culpado", disse o advogado.

Em julho desse ano, Terzic foi acusado de fraude na transferência de jogadores a clubes estrangeiros. O ex-presidente da Federação e mais três pessoas teriam se apropriado ilegalmente de uns 4 milhões de euros.

Terzic fugiu do país em 2008, após saber que seria investigado por delitos financeiros, supostamente cometidos quando foi diretor do clube OFK Beograd.

Em março desse ano, Terzic renunciou à presidência da Federação de Futebol da Sérvia e, um mês mais tarde, foi emitida uma ordem de busca e captura internacional contra ele.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.