Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Experiente em clássicos, Joel fará seu primeiro dérbi em Minas

Treinador gostaria que as duas torcidas estivessem no estádio em seu primeiro clássico mineiro

Frederico Machado, iG Belo Horizonte |

O técnico Joel Santana é um dos mais rodados do Brasil e já disputou alguns dos clássicos mais importantes do país. Mas, no currículo do treinador ainda faltava um dos jogos de maior rivalidade: Atlético-MG x Cruzeiro. O treinador revelou que está na expectativa por conta do jogo de domingo, mas estranhou o fato da partida ser realizada com torcida única.

Siga o iG Cruzeiro no Twitter e receba todas as informações do seu time

Joel falou sobre a expectativa para seu primeiro clássico mineiro. "É uma semana diferente, é um jogo diferente, que tem história. Eu já disputei Ba-Vi, Internacional e Grêmio, Coritiba e Atlético-PR, Vasco e Flamengo, Flamengo e Fluminense, Corinthians e Palmeiras... E estava faltando aqui, mas chegou minha hora. Vai ser legal, com casa cheia, imprensa toda presente. Tomara que seja um bom jogo, que deixe o torcedor feliz. Essa é a nossa missão, é o nosso objetivo", disse o treinador cruzeirense.

Entre para a Torcida Virtual do Cruzeiro e convide seus amigos

O técnico não se lembra de ter disputado um clássico com torcida única no estádio e afirmou que gostaria de ver o duelo também nas arquibancadas. "Eu gostaria que as duas torcidas estivessem, com seus cantos e seu incentivos, presentes no estádio. Dividiria o estádio e colocaria as duas torcidas lá, mas não posso responder, porque não estava aqui quando houve essa decisão. Então, toda decisão eu respeito e, já que vai ter só a torcida do Atlético lá, vamos lá jogar", ponderou.

Sobre a motivação aos atletas na semana de preparação para o clássico, o treinador acredita que o jogo por si só já mexe com o brio dos jogadores. "O clássico já é uma motivação, não preciso motivar mais. O jogador já sabe da responsabilidade, do interesse do jogo, não só aqui em Minas Gerais, mas em todo o Brasil. O Brasil todo vai acompanhar todos os clássicos que estarão acontecendo, porque vai acabar o primeiro turno e vamos ter uma média de 50% daquilo o que podemos fazer, onde podemos chegar", concluiu Joel Santana.

Leia tudo sobre: CruzeiroBrasileirão 2011Joel Santana

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG