Adriano busca investidores para reativar o Oeste Paulista, fora do futebol profissional desde 2009

O futebol de Presidente Prudente (cerca de 550 km da capital) ficou órfão depois da volta do Barueri para sua cidade de origem. No passado, a cidade já teve representantes em torneios estaduais, como a Prudentina e o Corinthians-PP. Agora aguarda a ajuda de investidores para resgatar o Oeste Paulista, que está desativado desde o fim de 2009.

Mandatário da agremiação fundada em 2005, o meia Adriano, campeão mundial com a seleção brasileira sub 20 em 1993 e com passagens pelo São Paulo entre 1996 e 2002, procura interessados em contribuir com o Oeste Paulista. Ele admite que alguns contatos já foram feitos.

"Eu estava assumindo praticamente sozinho os investimentos da equipe, então resolvemos parar o profissional e as categorias de base. Estamos procurando parceiros, queremos voltar em 2012, mas ainda é cedo para falar que iremos retornar porque temos metade do ano pela frente", comentou o dirigente, que também atuou dentro das quatro linhas por Guarani e Atlético-MG.

Como ocorreu com o Prudente, Adriano também foi procurado por outras cidades para reiniciar o trabalho com o Oeste Paulista. Mas, até o momento, não houve acordo para uma transferência da equipe.

Para retornar ao futebol, o Oeste Paulista será obrigado a disputar novamente a quarta divisão do futebol paulista. Sem impedimentos burocráticos junto à FPF (Federação Paulista de Futebol), o time não teria problemas em retornar às atividades e poderia reassumir a vaga em uma competição profissional.

Para Adriano, além da função de dirigente, seria a chance de voltar aos gramados. "Quero deixar claro que ainda não parei oficialmente, quero jogar mais", encerrou o meia, atualmente com 36 anos, o dobro da idade quando era a sensação da seleção brasileira sub-20.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.