Paul Merson também afirmou que time inglês dá suco de laranja com creatina para amenizar dores dos atletas

Paul Merson, ex-atacante inglês, deu declarações polêmicas para a revista francesa “So Foot”. Quando jogador, ele teve passagens por times tradicionais da Inglaterra, como o Aston Villa, Arsenal , onde passou a maior parte de sua carreira, e chegou a jogar pela seleção inglesa. Merson afirmou que entre 1996 e 97, quando jogava pelo time londrino, o técnico Arsène Wenger o obrigava a injetar um "misterioso líquido amarelo" antes de grandes jogos.

“Eu nunca fiz perguntas. Quando você confia no seu técnico, você faz tudo o que ele pede”, afirmou Merson, atualmente com 43 anos. “Colocando em comparação com o que eu já colocava no meu corpo, nada mais me assustava”, completou o ex-jogador, que admitiu ser dependente químico de álcool e drogas.

Na entrevista Merson ainda conta que antes do treino os jogadores tomavam uma mistura de suco de laranja com creatina, que é usada como suplemento alimentar. A creatina é um ácido que dá energia, e é quebrado com exercícios físicos. A substância ameniza as dores musculares, e pode levar os jogadores a um excesso de esforço, em alguns casos.

Paul Merson em seus tempos de Arsenal. Estaria ele fazendo referência ao suco de laranja
Getty Images
Paul Merson em seus tempos de Arsenal. Estaria ele fazendo referência ao suco de laranja "vitaminado"?
Vale lembrar que o Arsenal tem um histórico recente de contusões, que poderiam estar ligado a essa cultura de suplementação alimentar. Atletas como o francês Nasri , o tcheco Rosicky , o holandês van Persie e o russo Arshavin já passaram longos períodos afastados por lesões.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.