Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Ex-ídolos do Flamengo mostram empolgação com Ronaldinho Gaúcho

Meia foi elogiado por Zico e Leandro, que destacaram a bela cobrança de falta do camisa 10 da Gávea

Renan Rodrigues e Vicente Seda, iG Rio de Janeiro |

Durante o encontro de uma geração campeã com o Flamengo em 1987, nesta segunda-feira, na inauguração de um novo campo de futebol no CFZ, o assunto não poderia ser outro. A conquista da Taça Guanabara sobre o Boavista, no último domingo, e a cobrança de falta de Ronaldinho Gaúcho, que garantiu a vitória por 1 a 0. Entre os admiradores do craque, nomes como Leandro, Zico, Júnior e Jorginho, que destacaram a vontade do jogador em recuperar o grande futebol.

"Acho que ele é um 'cracaço'. O foco dele é a Copa do Mundo de 2014 e estou sentindo entusiasmo dele, vontade. Ele está querendo ser cobrado e o Vanderlei Luxemburgo cobra mesmo. O fato de ter recebido a faixa de capitão é um exemplo de que o grupo fechou com ele", declarou o ex-lateral direito Leandro.

Um dos maiores cobradores de falta da história do clube, o meia Petkovic, também elogiou o jogador pela cobrança de falta contra o Boavista. "Soube que ele se lembrou de mim e do Zico depois do jogo. Estava assistindo no camarote e fiquei muito feliz, mas é mais fácil lembrar das cobranças do Zico. Para lembrar de mim tem que pensar mais um pouquinho, pescar na memória. Ele também tem esse dom de bater faltas, espero que traga muitas alegrias ao Flamengo", disse o jogador sérvio.

Apesar de ter elogiado Ronaldinho, o meia pediu uma evolução no time do Flamengo e não confirmou se volta ao time na Taça Rio. "O time ainda precisa melhorar. Venceu, mas ainda tem que evoluir. Uma coisa é a Taça Guanabara, outra é a Taça Rio. Agora se vou voltar ao time, não sei", completou Petkovic.

Anfitrião da festa, Zico também elogiou o desempenho de Ronaldinho Gaúcho. "O Flamengo sempre teve jogadores que batem na bola com qualidade. Ele é um jogador especial por isso. Além de estar chamando a responsabilidade, treinando duro, é um símbolo, um ídolo. Do jeito que ele bateu na bola, e na posição que o goleiro estava, já deu para sentir que ele ia marcar aquele gol. Quando vi, lembrei de alguns que fiz", disse Zico.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG