Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Ex-dirigente se despede do elenco do Fluminense e prevê problemas

Alcides Antunes já esperava sua saída e diz que o grupo que comanda o clube "tem ódio no coração"

Marcello Pires, iG Rio de Janeiro |

O ex-vice de futebol do Fluminense, Alcides Antunes, se despediu do elenco nesta terça-feira, durante o treino físico que a equipe realiza na praia do Leme. Após uma conversa com o elenco, Antunes falou rapidamente com os jornalistas e disse que sua demissão não o pegou de surpresa. "Eu já sabia que iria sair. Se não fosse hoje, seria amanhã", disse o ex-dirigente, que irá conceder uma entrevista coletiva ainda nesta terça-feira, a partir das 13h.

O ex-dirigente não poupou críticas ao grupo político que comanda o Fluminense, afirmando inclusive que as pessoas que estão no comando do clube "têm ódio no coração". Ele confirmou ainda que só permanceu no clube, após a vitória da chapa encabeçada pelo atual presidente Peter Siemsen, por causa dos jogadores. "Eu sabia que não era querido por este pessoal que está no poder, eles não gostavam de mim. Mas só fiquei no clube após a conquista do Brasileiro por causa destes jogadores, que conseguiram impedir o rebaixamento em 2009. É um grupo especial e não poderia deixá-los na mão", disse Antunes.

Ainda sem novidades em relação ao substituto de Muricy Ramalho, o Fluminense continua promovendo mudanças em seu departamento de futebol. Nesta terça-feira, a vítimia acabou sendo o assessor de imprensa, Erich Onida, que foi demitido pelo RH do clube, sem ter sido comunicado por nenhum diretor. A troca da assessoria de imprensa tinha sido um dos motivos apontados para o desgaste de Muricy com a diretoria, que acabou culminando com seu pedido de demissão, no último domingo.

Leia tudo sobre: FluminenseMuricy Ramalho

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG