Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Ex-companheiro garante que Felipão era bom zagueiro

O Felipe era um bom jogador, tanto é que jogamos quatro temporadas e ninguém nos tirava, disse Salvador Barbosa, antigo companheiro do técnico do Palmeiras

Gazeta Esportiva |

Pentacampeão mundial com a seleção brasileira e dono de inúmeros títulos no comando de clubes como Palmeiras e Grêmio, Luiz Felipe Scolari frequentemente tem sua qualidade nos tempos de jogador questionada. Segundo Salvador Barbosa, companheiro de zaga do atual treinador no Aymore-RS, a fama não tem fundamento.

"O Felipe era um bom jogador, tanto é que jogamos quatro temporadas e ninguém nos tirava. Ele sabia jogar, fazia cobertura muito bem. Bola alta, nós não perdíamos. Era difícil alguém nos fazer gol pelo alto, e no Rio Grande do Sul tinham vários bons cabeceadores", contou o ex-jogador.

Salvador foi um dos espectadores da palestra de Felipão no XVII Curso Nacional para Treinadores de Futebol, realizada em São Paulo na sexta-feira. No começo de sua explanação, o atual treinador do Palmeiras, mundialmente consagrado, procurou pelo ex-companheiro na plateia. "Cadê aquele negrão que jogou comigo? Eu era o zagueiro bom e ele, o ruim", brincou.

Felipão iniciou a carreira como lateral direito e assumiu um lugar na zaga ao lado de Salvador apenas após a saída do defensor anterior. "Na minha época, zagueiro tinha que zagueirar. Agora, eles desaprenderam o básico. Atualmente, ganhar uma bola aérea é um milagre. Antigamente, não tinha muito gol de cabeça", disse o técnico do Palmeiras, eliminado pelo Goiás da Copa Sul-americana com um gol de cabeça de Ernando.

Após a palestra, Felipão respondeu aos questionamentos de alguns alunos do curso. Os interessados precisavam formar fila diante do microfone e se identicar. Na vez de Salvador, Felipão se manifestou. "Você, eu conheço! Quanto tempo tive que te carregar nas costas?", brincou.

Diplomático, Salvador fez média. "Toda a imprensa fala que você era ruim, mas sou testemunha de que jogava muita bola", afirmou ex-zagueiro. "Puxa saco!", respondeu Felipão, que chegou a escalar o Aymoré-RS, time da cidade de São Leopoldo, com a ajuda do amigo.

Ao falar da dupla com Scolari, Salvador se referiu à eliminação do Palmeiras diante do Goiás na Copa Sul-americana. "Naquela o época, a gente não brincava. Se você está ganhando um jogo, como aconteceu contra o Goiás, a bola não parava perto da nossa zaga. Nós dois somos amigos até hoje", encerrou o ex-jogador.

Leia tudo sobre: campeonato brasileirofelipãopalmeiras

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG