Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Excluído por Dilma, Teixeira vai negociar com cidades da Copa

Presidente do COL não foi chamado para encontros com a presidenta e terá que negociar com sedes pontos polêmicos

Paulo Passos, iG São Paulo |

Sem trânsito no governo federal desde que Dilma Rousseff assumiu a presidência , Ricardo Teixeira irá negociar com as cidades-sedes pontos polêmicos não incluídos na Lei Geral da Copa. Ficará a cargo do presidente do COL (Comitê Organizador Local da Copa de 2014) derrubar o veto à venda de bebidas alcoólicas nos estádios e a suspensão do direito à meia-entrada para estudantes.

Os dois temas estão previstos em leis estaduais na maioria das sedes da Copa do Mundo. O governo federal argumento que por isso não poderia incluir os pedidos da Fifa na Lei Geral da Copa, que dá garantias à entidade organizadora do Mundial .

Ricardo Teixeira, que não esteve no encontro da presidenta  Dilma Rousseff com a Fifa em Bruxelas , na segunda-feira, tampouco irá à reunião do próximo dia 13, em Brasília. Na capital federal serão definidas as alteração na Lei Geral da Copa prometidas pelo governo, após pressão da entidade.

Getty Images
Ricardo Teixeira e Dilma Rousseff estiveram juntos pela última vez no sorteio das eliminatórias da Copa do Mundo, em julho, no Rio de Janeiro

MiGCompLinks_C:undefined

O último encontro entra Dilma Rousseff e Ricardo Teixeira aconteceu durante o sorteio das eliminatórias da Copa do Mundo, em julho, no Rio de Janeiro. Os dois estiveram juntos por poucos minutos e sempre na presença de outras pessoas, entre elas Pelé . O ex-jogador foi convidado pelo governo para ser embaixador do Mundial no Brasil. O “Rei do Futebol” já foi desafeto do presidente do COL e da CBF (Confederação Brasileira de Futebol).

Carinho do Rio
Na próxima quinta-feira, Teixeira fará sua primeira aparição pública após ser internado no hospital Pró-Cardíaco, na zona Sul do Rio de Janeiro , no dia 29 de setembro, com diverticulite. Na mesma data, a revista inglesa The Economist, umas das mais prestigiadas do mundo, divulgou uma reportagem classificando o dirigente como “mancha do futebol brasileiro” .

Teixeira vai à prefeitura do Rio de Janeiro a convite do prefeito Eduardo Paes. A cidade irá receber a final da Copa do Mundo e, durante a gestão de Paes, foi indicada para abrigar o centro de imprensa durante o evento.

Leia tudo sobre: Copa 2014FifaRicardo TeixeiraDilma Rousseff

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG