Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Ex-auxiliar de Dunga, Jorginho desabafa sobre desempenho da seleção

Atual técnico do Figueirense reforçou sua opinião de que Neymar, Ganso e Pato não deviam ter ido pra Copa

Gazeta |

Hoje comandando o Figueirense , o ex-auxiliar de Dunga na seleção brasileira , Jorginho, desabafou sobre o desempenho do Brasil na Copa América , se referindo principalmente a Neymar e Paulo Henrique Ganso. Para o treinador do Figueirense, ainda não é hora dos jogadores arcarem com a responsabilidade que tiveram durante a competição continental.

Jorginho e Dunga foram duramente criticados após a Copa do Mundo de 2010, quando deixaram Neymar e Ganso de fora da lista final de jogadores que disputaram o torneio mundial. Entretanto, após o fraco desempenho da dupla na Copa América, Jorginho afirmou que agora as pessoas entendem seu posicionamento e o de Dunga quanto aos atletas.

"Nós fomos massacrados por não termos levado esses jogadores (Ganso e Neymar) e hoje dá para ver o porquê. São jogadores de muita qualidade, mas tudo tem seu tempo e que eles vão chegar lá eu tenho certeza. Hoje alguns repórteres que nos malharam estão concordando que precisavam desse tempo e eu creio que é isso. Neymar, Ganso, Lucas e Pato, são jogadores de extrema qualidade técnica e eu tenho certeza que esses jogadores vão ser fundamentais para a Seleção em 2014", afirmou Jorginho.

O treinador do time catarinense também saiu em defesa do atual técnico do Brasil, Mano Menezes. Para ele, os torcedores e a imprensa estão sendo injustos com o comandante da seleção, já que a equipe conseguiu fazer um bom jogo contra o Paraguai e teve a infelicidade de não marcar o gol que daria a classificação à próxima fase da competição.

"Futebol é resultado. Vimos que até algumas perguntas maldosas foram feitas para o Mano, porque o resultado realmente não foi bom, mas o jogo foi muito bom. A equipe do Brasil conseguiu mandar no jogo, criou inúmeras oportunidades, mas o que conta é o resultado final. Desejo todo sucesso para o Mano e a comissão técnica. Os amistosos vão vir e as coisas vão acontecer", finalizou Jorginho.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG