Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Ex-atacante venezuelano da Udinese sofre AVC e morre aos 25 anos

Jogador, que defendeu a seleção sub-20 de seu país, havia encerrado a carreira em 2008 por causa de uma doença renal

EFE |

O atacante Paul Ramírez, ex-jogador da seleção sub-20 da Venezuela e que atuou na Itália pela Udinese, morreu na noite de segunda-feira, aos 25 anos, vítima de uma doença renal, informaram fontes da Federação Venezuelana de Futebol. O jovem jogador faleceu na cidade de Puerto Ordaz, após sofrer um AVC fruto de uma complicação da doença, segundo familiares.

Enciclopédia da saúde: Leia mais sobre Acidente Vascular Cerebral (AVC)

Conhecido também por seu apelido, "La Iguana", Ramírez foi um dos destaques da seleção 'Vinotinto' no Campeonato Sul-Americano Sub-20 de 2005, no qual fez dupla de ataque com Nicolás Fedor, hoje no Getafe, da Espanha. Sua participação naquele torneio lhe rendeu uma transferência para a Udinese em fevereiro de 2005.

Na Itália, Ramírez também defendeu o Ascoli, por empréstimo, e nesta mesma condição jogou pelo Bellinzona, da Suíça. Poucos anos depois, o venezuelano teve que retornar a seu país por causa de sua doença e passou por um transplante de rim, encerrando a carreira como jogador no final de 2008.

Leia tudo sobre: VascoAnderson Martins

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG