Kita, de 53 anos, está internado em Passo Fundo-RS. Um jogo beneficente será promovido para ajudá-lo

O ex-atacante Kita, de 53 anos, atacante com passagem pela dupla Gre-Nal na década de 80, passa por um drama. O ex-atleta teve parte do pé esquerdo amputada na semana passada e segue sob cuidados médicos.

Kita, que atualmente trabalha na Camâra de Vereadores de Passo Fundo-RS, foi ao hospital para passar por uma cirurgia nos ligamentos do tornozelo esquerdo, mas acabou contraindo uma infecção hospitalar. O quadro foi se agravando e ele segue hospitalizado na Prontoclínica, na cidade de Passo Fundo-RS.

Kita, de barba, marca Éder, do Palmeiras, na final do Paulista de 86, vencida pela Inter de Limeira
AE
Kita, de barba, marca Éder, do Palmeiras, na final do Paulista de 86, vencida pela Inter de Limeira

A imprensa local relata que a situação era crítica no início da semana, mas que evoluiu de forma positiva nos últimos dias. Um jogo de futebol beneficente está sendo organizado na cidade para ajudar Kita. A ideia é contar com a presença de ex-jogadores de Inter e Grêmio . A partida foi marcada para o dia 9 de julho, 16h, no estádio Vermelhão da Serra, em Passo Fundo.

Kita despontou para o futebol no Gaúcho, de Passo Fundo. Começou a se destacar em 1983, quando foi o artilheiro do Gauchão pelo Juventude-RS. Conquistou o título estadual pelos dois grandes do Rio Grande do Sul. Com o Inter, em 1984, e com o Grêmio, em 1989.

Ele ainda vestiu as camisetas de Flamengo , Portuguesa, Atlético-PR e Inter de Limeira. Fez parte da histórica campanha do clube do interior paulista em 1986, sendo o artilheiro do time que foi campeão estadual daquele ano ao derrotar o Palmeiras na decisão.

Pela seleção brasileira, conquistou a medalha de prata nas Olimpíadas de 1984.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.