Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Ex-árbitros denunciam manipulação de resultados no Rio de Janeiro

Duas pessoas disseram que há um esquema na CBF e que até times grandes são ajudados pela Ferj

iG São Paulo |

Divulgação
Rubens Lopes, presidente da Ferj, assinou carta que pediu investigação sobre o caso
Sob anonimato, dois ex-árbitros denunciaram um esquema de manipulação de resultados na Ferj (Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro). Em entrevista para a TV Record, eles disseram que existe um "esquema" em todas divisões do futebol carioca, inclusive para classificar times grandes no campeonato estadual.

"Todos árbitros sabem que tem esquema. Hipocrisia é falar que não tem. Na Ferj tem esquema pra subir, pra descer, pra ganhar campeonato e tudo", disse um dos "anônimos" ex-árbitros. Outro foi além: "Geralmente eles querem que os grandes se classifiquem para poder dar renda. Quando isso não acontece, o sistema fica abalado".

Para exemplificar essas manipulações um deles citou os casos do América-RJ e do Friburguense. Ele disse que o primeiro já estava condenado ao rebaixamento e que o acesso do segundo já era certo, por causa da influência dos árbitros. "Se tiver um pênalti duvidoso, ele marca pra um time", explicou.

Outro ex-árbitro envolveu até a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) em suas denúncias: "cheguei à CBF por pertencer ao esquema. Quem não fizer o esquema deles não entra na CBF", relatou, ao confessar que já participou da manipulação de mais de quinze jogos.

O presidente da Ferj, Rubens Lopes, e o chefe da comissão de arbitragem, Messias Pereira, foram ouvidos na reportagem. "Não existe jeitinho, não existe arrumação. As regras são cumpridas fielmente", disse Rubens. Além disso, a entidade já solicitou ao Procurador Geral de Justiça uma investigação para apuração dos fatos

Leia tudo sobre: campeonato cariocaferjcbfmanipulação

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG